PUBLICIDADE
Topo

Alceu Valença faz "sambinha de esculhambação" com apelidos da Lava-Jato

Do UOL, em São Paulo

13/12/2016 12h36

Assim que recebeu no celular os apelidos dos políticos na delação da Odebrecht, Alceu Valença não se conteve. Achou graça e logo improvisou uma música.

A “composição” lista codinomes como “todo feio”, “caranguejo”, “Campari”, “Caju”, “Índio” e “Comuna” e foi postado pelo artista pernambucano em sua conta no Instagram. O vídeo logo viralizou nas redes sociais.

Direto do chão do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, Alceu explicou a "inspiração": “Recebi uma mensagem com os codinomes daqueles corruptos, e aí eu achei até engraçado. Engraçado e triste. Por que... eita corrupção danada!”, contou, em vídeo enviado ao UOL. "Mas aí, na hora H, fiz aquele sambinha de brincadeira, de esculhambação".

Assista:


Em entrevista ao UOL no início do mês, Alceu afirmou que apoia as investigações da Lava-Jato, mas fez questão de relembrar dos ensinamentos da faculdade de direito.

“Que se procurem tudo o que acontece de roubo entre as empresas privadas, os políticos, tudo tudo tudo tudo. Apoio totalmente. Mas sou formado em direito, e digo o seguinte: tem que ter prova, e tem que ser contundente, para você não lavar as mãos como Pôncio Pilatos”, disse.