Topo

Música

Liam Payne diz que Trump expulsou One Direction de seu hotel

Paul Hackett/Reuters
Liam Payne (dir.) com seu ex-colega do One Direction Louis Tomlinson Imagem: Paul Hackett/Reuters

Do UOL, em São Paulo

19/03/2017 16h57

Donald Trump pode finalmente ter encontrado um grupo de adversários  a sua altura: as directioners, como são chamadas as fãs do One Direction, devem engrossar, com muita histeria e hormônios adolescentes, a oposição ao presidente norte-americano.

Isso porque ele teria expulsado a banda de um de seus hotéis em Nova York porque eles se recusaram a se encontrar com sua filha.

Quem conta a história é Liam Payne, 23, em entrevista à revista Rollacoaster.

"Trump realmente nos expulsou de um de seus hotéis uma vez. Você não vai acreditar. Era sobre (nos encontrarmos com) sua filha. Ele telefonou para o nosso empresário e estávamos dormindo. Ele disse: 'Então acorede eles', e eu disse não, e aí ele não nos deixou usar a garagem subterrânea. Obviamente em Nova York não podemos andar na rua. Nova York é difícil pra gente. Daí ele disse: 'OK, então eu não quero vocês no meu hotel'. E tivemos que sair", contou Liam, sem revelar quando aconteceu o caso.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!