Música

Morre engenheiro japonês que ajudou a criar a música eletrônica

Kyodo News via AP
Ikutaro Kakehashi fala sobre música eletrônica em palestra no Japão, em 2013 Imagem: Kyodo News via AP

Do UOL, em São Paulo

03/04/2017 12h19

O engenheiro japonês Ikutaro Kakehashi, fundador da fabricante de instrumentos de música eletrônica Roland, fundamental para a música pop dos anos 1980, morreu no sábado aos 87 anos. Ele morreu no domingo em sua casa de Hamamatsu (oeste do Japão), cidade para onde transferiu a sede da Roland após fundá-la em Osaka em 1972

Sem Kakehashi, não teríamos a música pop e eletrônica como a conhecemos hoje. Seus sintetizadores seduziram grupos como Duran Duran, Depeche Mode ou Kraftwerk, assim como artistas pioneiros como Jean-Michel Jarre e Herbie Hancock.

O astro David Bowie também foi um adepto da marca e utilizou uma guitarra Roland GR-500 para gravar o sucesso dos anos 80 "Ashes to Ashes".
Na década de 80, Kakehashi comercializou à frente da Roland os primeiros modelos acessíveis de caixas de ritmos programáveis, entre eles os dispositivos TR-808 e TR-909, considerados como objetos de culto por democratizar a música eletrônica e marcar o som de uma época.

Apesar de uma discreta recepção inicial no mercado, estas "drum machines" ganharam popularidade graças a seu uso crescente por parte de músicos vanguardistas.

Marvin Gaye contribuiu para popularizar o instrumento com o hit "Sexual Healing", mas a “caixa” também foi amplamente utilizada por grandes figuras do movimento hip-hop como o DJ Afrika Bambaataa, o grupo Beastie Boys e, mais recentemente, o rapper Kanye West, que a incluiu em uma das canções dos álbum "808s & Heartbreak", lançado em 2008, e o duo francês de música eletrônica Daft Punk - que dedicaram o título de um álbum e de uma canção ao TR-808.

Grammy

Kakehashi recebeu em 2013 um Grammy por sua contribuição para a indústria musical com a criação dos sistema MIDI (Musical Instrument Digital Interface - Interface Digital para os Instrumentos Musicais).

Este dispositivo permite a interação entre instrumentos musicais e computadores.

Kakehashi deixou a Roland em 2013 por divergências com a diretoria, de acordo com a imprensa, e fundou a ATV.

Marc Almond, um dos integrantes do grupo britânico Soft Cell, expoente do synthpop, prestou homenagem no Twitter a um "homem que mudou a música".

* Com informações da EFE e AFP

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

do UOL
AFP
do UOL
Adriana de Barros
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
UOL Música
do UOL
do UOL
Chico Barney
Música
AFP
Reuters
Da Redação
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Matias
Blog do Barcinski
do UOL
do UOL
Topo