Música

De hitmaker a conselheiro de Sheeran: Quem é o Elton John que vem ao Brasil

Fernando Maia/UOL
O cantor e compositor Elton John Imagem: Fernando Maia/UOL

Do UOL, em São Paulo

06/04/2017 04h00

De volta ao Brasil pela sétima vez, agora em turnê com James Taylor, Elton John é um dos maiores astros da música pop. Lançou clássicos nos anos 1970, vendeu 300 milhões de discos, acumulou uma fortuna de mais 250 milhões de libras (quase R$ 1 bilhão).

Mas, hoje, quem é o cantor e compositor de "Rocket Man", que se apresenta nesta quinta-feira (6) no Allianz Parque, em São Paulo? Bem, Elton John não está mais no auge, mas continua lançando discos elogiados e se reinventando como ativista e em uma nova carreira: a de empresário.

Ele também virou pai e, pelo que tem insinuado em entrevistas, provavelmente está perto de "pendurar o piano".

Veja abaixo o que Elton John tem feito e dito nos últimos tempos.

Lançou bons álbuns

Reprodução/Montagem
Imagem: Reprodução/Montagem

Aos 70 anos, Elton John está em uma das fases mais profícuas da carreira. Lançou dois álbuns nos últimos anos, "The Diving Board" (2013) e "Wonderful Crazy Night" (2016), que receberam elogios da crítica e venderam relativamente bem. Apesar da boa fase, não emplacou nenhum grande hit recente, sua grande especialidade no passado. Por conta disso, o show que apresenta no Brasil é basicamente uma coletânea de sucessos, com pouquíssimas novidades.

Conselheiro de Ed Sheeran

Kevin Winter/WireImage
Imagem: Kevin Winter/WireImage

Quando não está na estrada, o músico trabalha como empresário em sua própria companhia, a Rocket Music. Entre os contratados estão o duo 2Cellos, a cantora Anne-Marie e o queridinho e fenômeno pop Ed Sheeran, de quem Elton virou uma espécie de conselheiro pessoal. Entre as dicas, aconselhou-o a lançar "Sing" como o primeiro single do álbum "x", incentivou-o a sair em turnê com Taylor Swift e a dar uma sumida de cena para cuidar do peso.

Disse por que operou a garganta

Getty Images
Imagem: Getty Images

É impossível assistir hoje a um show de Elton John sem que sua transformação vocal salte aos ouvidos. Antes aguda e estendida, a voz do cantor ficou grave e seca. O envelhecimento contribuiu para a transformação, mas a cirurgia de raspagem das cordas vocais a que foi submetido em 1987 foi um divisor de águas. Recentemente, o cantor lembrou por que precisou ir à mesa de operação: a maconha. Ele fumava tanta erva nos anos 1980 que pólipos acabaram aparecendo em sua garganta, o que colocou sua carreira em risco.

Militou pelos direitos LGBT

Brian Snyder/Reuters
Imagem: Brian Snyder/Reuters

Há décadas um ícone gay, Elton John jamais abraçou tanto a causa LGBT como nos últimos tempos. Hoje, ele é um dos grandes símbolos da luta pelos direitos dos homossexuais. Criador da ONG Aids Foundation, ele vem aderindo com frequência a campanhas e se manifestando publicamente sobre o tema. Entre uma e outra homenagem recebida pelos esforços, declarou, em 2014, que, se Jesus Cristo fosse vivo, "pela grande figura que foi", certamente estaria apoiaria o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Agora pai de família

Reprodução/Instagram/eltonjohn
Imagem: Reprodução/Instagram/eltonjohn

Ele foi um dos primeiros artistas de massa a chocar a opinião pública se declarando abertamente bissexual, ainda em 1976. Depois disso, ele se casou com a engenheira de som alemã Renate Blauel em 1984, de quem se separou quatro anos depois. Desde 2014, é casado de papel passado com David Furnish, com quem tem dois filhos de barriga de aluguel: Zachary, 6, e Elijah, 4. Segundo o músico, ele enfim pode se dizer feliz e vivendo uma das melhores fases da vida.

Compositor de musical

Michael Kovac/Getty Images
Imagem: Michael Kovac/Getty Images

Elton John é autor de músicas da trilha sonora de "O Rei Leão", um dos grandes clássicos dos estúdios Disney, lançado em 1994. Desde então, tem se dedicado também a compor para musicais, incluindo o próprio "O Rei Leão", "Aida", "Billy Elliot" e "Lestat". Sua próxima investida será na adaptação de "O Diabo Veste Prada", ainda sem previsão de estreia na Broadway.

Está pensando em parar

Getty Images
Imagem: Getty Images

Os fãs de Elton John levaram um susto no ano passado quando ele afirmou à imprensa britânica cogitar a possibilidade de se aposentar em breve. "Os meus discos já não vendem mais como antes, as pessoas estão cansadas de ter os meus álbuns em suas coleções. Amo gravar, mas acho que pode estar na hora de parar, chegou a vez de outras pessoas", disse ele, que elegeu Britney Spears, Michael Bublé e o DJ Calvin Harris como "sucessores" e que, enfim, prepara sua autobiografia. O livro deve sair em 2019.

Serviço
Elton John em São Paulo (com James Taylor)
Quando quinta (6), a partir das 20h
Onde Allianz Parque, av. Francisco Matarazzo, 1705, Água Branca, São Paulo
Quanto de R$ 124 a R$ 700
Classificação de 6 a 13 anos, acompanhado por responsável, e a partir de 14 anos, livre

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

UOL Música - Imagens
do UOL
Adriana de Barros
Colunas - Flavio Ricco
do UOL
do UOL
do UOL
BBC Brasil - Cultura
do UOL
ANSA
UOL Música - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Chico Barney
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
do UOL
do UOL
Reuters
Adriana de Barros
Reuters
Música
do UOL
Adriana de Barros
Adriana de Barros
Adriana de Barros
AFP
Da Redação
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
Adriana de Barros
Topo