Rock in Rio

Você vem sempre aqui? Esses artistas batem cartão no Rock in Rio

Montagem UOL
Prova do ecletismo do festival, Elba Ramalho (centro) levou seu bailão de forró por sete vezes na Cidade do Rock; Dinho Ouro-Preto (esq.) e Sepultura (dir.) lideram a lista das figurinhas repetidas Imagem: Montagem UOL

Do UOL, em São Paulo

11/04/2017 11h59

Com a programação fechada e a venda de ingressos a todo vapor, o Rock in Rio 2017 já está em contagem regressiva. Faltam cinco meses para você esbarrar com aquele velho amigo outra vez e dizer: "Você vem sempre aqui?". 

Embora tenha acertado ao anunciar The Who e 5 Seconds to Summer, atrações virgens em terras brasileiras, a sétima edição do festival mais uma cez investe em peso nas figurinhas batidas que a cada duas edições voltam à programação do evento.

Neste ano, o festival acontece nos dias 15, 16, 17, 21, 22, 23, e 24 de setembro no Parque Olímpico, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, e traz nomes como Bon Jovi, Jota Quest, Alicia Keys, Capital Inicial, 30 Seconds to Mars, Ivete Sangalo, Skank e Justin Timberlake -- as mesmas atrações que vieram na programação de 2013.

O festival também abre as portas, mais um ano, para aquele arroz de festa, caso de Sepultura, Dinho Ouro Preto, Frejat e Elba Ramalho -- que, por pouco, não bateram cartão em todas as edições.

Então prepare o abraço porque vai ser inevitável você não cruzar com esses velhos conhecidos.

Julio César Guimarães/Arquivo Pessoal
Sepultura durante show no Rock in Rio em 1991 quando lançou o álbum "Arise" Imagem: Julio César Guimarães/Arquivo Pessoal
Sepultura

8 shows, 6 edições

Quem reclama que de rock o festival só tem o nome, deve repensar. A banda de metal mais importante do Brasil sempre encontrou as portas abertas no Rock in Rio, e chegou a fazer dois shows em 1991 (quando o festival tinha programação espelhada em dois finais de semana) e em 2013. Isso sem contar a participação quase anual do guitarrista Andreas Kisser, que tocou até mesmo com Maná em 2013. O Sepultura só não esteve na primeira edição em 1985 porque o primeiro disco seria lançado no ano seguinte.

Fernando Maia/UOL
Dinho Ouro Preto e Yves Passarell na quarta passagem do Capital Inicial pela Cidade do Rock Imagem: Fernando Maia/UOL
Dinho Ouro Preto

9 shows, 6 edições

Vocalista do Capital Inicial, o cinquentão mais jovem que você já conheceu, sempre dá um jeito de pisar no palco do Rock in Rio, mesmo quando sua banda não está presente --como no especial de 30 anos do festival, em 2015. Este ano, o Capital Inicial volta ao palco Mundo e ainda conta com um solo de Dinho no Rock District. Está bom ou quer mais?

Marcelo Sayo/EFE
O cantor Frejat em show solo no Rock in Rio 2011 Imagem: Marcelo Sayo/EFE
Frejat

8 shows, 6 edições

Seja com repertório mais romântico ou à frente do Barão Vermelho, Frejat também é um dos queridinhos do empresário Roberto Medina. Até mesmo em 2015, quando não entrou na programação, o cantor e guitarrista estava lá defendendo a história do festival em um show especial de 30 anos do evento. Frejat só ficou de fora mesmo em 1991, justamente quando o Barão se reergueu, após desentendimentos entre os integrantes, e lançaram o disco "Na Calada da Noite".

 

Folhapress
Elba no meio dos roqueiros em 1991 Imagem: Folhapress
Elba Ramalho

7 shows, 5 edições

A Cidade do Rock nunca impediu que Elba promovesse um belo bailão de forró. Lá em 1985, ela já revolucionava a programação ao se apresentar no mesmo dia que a banda Yes!, e acabou com uma recepção melhor do que Erasmo Carlos, vaiado ao entrar em cena com roupa de couro. Em 2001, ela se apresentou com Zé Ramalho e agora, em 2017, volta ao lado de Alceu Valença e Geraldo Azevedo com um show especial de O Grande Encontro.

Fernando Rabelo/Folhapress
Guns no Rock in Rio 1991: Show histórico Imagem: Fernando Rabelo/Folhapress
Guns N' Roses

5 shows, 4 edições

Este 2017 marca a quarta passagem do Guns pelo Rock in Rio. Mas o que ficou marcado ainda é o histórico show em 1991, quando, no ápice, a banda entregou um show com mais de 3 horas de duração e um setlist repleto de canções inéditas que saíram dali a alguns meses no duplo "Use Your Illusion". Com a volta de Slash e Duff McKagan ao grupo, essa é a chance de ver a banda reprisar o pouco do gás daquela época.

Francisco Cepeda/AGNews
Ivete Sangalo se apresenta durante o show que homenageia os 30 anos de Rock in Rio Imagem: Francisco Cepeda/AGNews
Ivete Sangalo

4 shows, 4 edições

Quando Ivete pisou no palco do Rock in Rio pela primeira vez, em 2011, muitos criticaram a presença do axé na programação, que deveria --segundo eles-- ser mais pesada possível. Como prova de que se a gente reclamar vai ter em dobro, a baiana voltou em 2013, participou do especial de 30 anos do festival em 2015, e levanta a poeira novamente no palco Mundo para receber Lady Gaga.

Graça Paes/Foto Rio News
Supla junto com seu irmão João em show do Brothers of Brazil Imagem: Graça Paes/Foto Rio News
Supla

4 shows, 4 edições

Nosso "Billy Idol brasileiro" volta este ano com show dividido com a banda República (que está pela terceira vez consecutiva no festival) e Dr. Pheabes, a desconhecida banda que está em quase todo evento musical brasileiro. Se prepare para encontrar Eduardo Suplicy na Cidade do Rock. Em 2015, ao lado do irmão João com o projeto Brothers of Brazil, o paizão estava todo pimpão no meio da plateia.

Anderson Borde/AgNews
Após o anúncio dos artistas do Rock in Rio 2015, Erasmo Carlos e George Israel fazem jam session para convidados Imagem: Anderson Borde/AgNews
George Israel

5 shows, 4 edições

O saxofonista do Kid Abelha é outro que goza de boas relações com os Medina. Esteve lá logo no início da história do festival com o Kid Abelha, em 1985, e novamente com a banda em 2011. Com o ponto final na trajetória do grupo, em 2015, passou a fazer shows menores solos e em participações, incluindo pocket show em eventos do festival para a imprensa.

Antônio Gaudério/Folhapress
Red Hot Chili Peppers encerra o Rock in Rio 3, em 2001 Imagem: Antônio Gaudério/Folhapress
Red Hot Chili Peppers

3 shows, 3 edições

Assim como o Guns N' Roses, o Red Hot parece gostar bastante do festival. A banda lidera por Anthony Kiedis fez sua estreia no festival em 2001 e emendou participação nas edições de Lisboa e Madri. Em 2011, a banda havia acabado de lançar o disco "I'm With You" quando fez a Cidade do Rock tremer. Os californianos prometem repetir a dose, agora com "The Getaway", ao encerrar o Rock in Rio 2017. Os ingressos para esse dia já estão esgotados.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo