Música

Cantor Jerry Adriani morre aos 70 anos, no Rio de Janeiro

Divulgação
O cantor Jerry Adriani, ídolo da Jovem Guarda, lutava contra um câncer Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

23/04/2017 16h26Atualizada em 25/04/2017 09h09

Morreu na tarde deste domingo (23), aos 70 anos, o cantor Jerry Adriani. A informação foi divulgada pela família no Facebook do músico.

Ele estava internado desde o dia 7 de abril na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Vitória, no Rio, para tratar um câncer. O corpo do cantor será velado no Cemitério Francisco Xavier, no Caju, Zona Portuária do Rio, a partir das 8h desta segunda-feira. O local do sepultamento ainda não foi confirmado pela família.

Reprodução/Instagram
Jerry Adriani em recado para os fãs durante sua primeira internação em março de 2017 Imagem: Reprodução/Instagram
Em março, Adriani foi internado por causa de uma trombose venosa profunda na perna direita. Duas semanas depois de receber alta, voltou a ser levado para o hospital devido a complicações.

Após a primeira internação, Adriani chegou a publicar nas redes sociais um vídeo para tranquilizar os fãs. “Para que não se criem falsas verdades, a gente está dizendo que está tudo sob controle e logo, logo estaremos fora daqui para cantar de novo para você. Não vai demorar, se Deus quiser", disse o cantor.

Homenagens

Logo após o anúncio da morte, familiares e amigos tomaram as redes sociais postando mensagens de despedida. Celia Passos, namorada de Adriani, dedicou uma frase de Charlie Chaplin ao companheiro.

"Cada pessoa que passa em nossa vida, passa sozinha é porque cada pessoa é única e nenhuma substitui a outra. Cada pessoa que passa em nossa vida passa sozinha e não nos deixa só, porque deixa um pouco de si e leva um pouquinho de nós. Essa é a mais bela responsabilidade da vida e a prova de que as pessoas não se encontram por acaso", escreveu.

A cantora Wanderléa também se manifestou na internet. "Meu amigo fiel, gentil companheiro merece toda a homenagem do mundo! Hoje vamos subir no palco com você no coração, dedicamos esse espetáculo de hoje a sua voz, carisma e caráter que tanto nos encantou. Te amo, Jerry", escreveu.

Italianinho boa-praça

Em março, Adriani o cantor foi internado por causa de uma trombose venosa profunda na perna direita. Duas semanas depois de receber alta, voltou a ser levado para o hospital devido a complicações. Na ocasião, o empresário havia di... - Veja mais em https://musica.uol.com.br/noticias/redacao/2017/04/10/internado-em-estado-grave-jerry-adriani-e-diagnosticado-com-cancer.htm?cmpid=copiaecola

Batizado de Jair Alves de Souza, Jerry Adriani começou a carreira gravando canções em italiano, mas estourou mesmo durante a Jovem Guarda, nos anos 1960. Neto de imigrantes do Brás, antigo bairro operário de São Paulo, Jerry Adriani aprendeu ainda criança canções italianas com a avó materna e estudou acordeão. Seu primeiro disco, "Italianíssimo", foi lançado em 1964.

Adriani também fez carreira na televisão, sendo concorrente de Roberto Carlos com atrações dedicadas ao público jovem da época, como o "Excelsior a Go Go" (1966) e o "A Grande Parada", da TV Tupi (1967/1968).

Nos anos 1980, ele foi redescoberto pela nova geração, em muito pela semelhança de seu timbre vocal com o do cantor Renato Russo, de quem, inclusive, chegou a participar de show-tributo. Entre seus grandes sucessos estão "Querida", "Tudo o que É Bom Dura Pouco" e "Doce, Doce Amor", composta por Raul Seixas, que foi seu produtor.

Adriani tinha completado 70 anos em janeiro deste ano e deixa três filhos: Thadeus, Tiago e Joseph.
 

Batizado de Jair Alves de Souza, Jerry Adriani começou a carreira gravando canções em italiano, mas estourou mesmo durante a Jovem Guarda, nos anos 1960. Nos anos 1980, ele foi redescoberto pela nova geração, em muito pela semelha... - Veja mais em https://musica.uol.com.br/noticias/redacao/2017/04/17/jerry-adriani-tem-melhora-e-e-transferido-para-semi-intensiva-diz-amigo.htm?cmpid=copia

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

UOL Música - Imagens
do UOL
Adriana de Barros
Colunas - Flavio Ricco
do UOL
do UOL
do UOL
BBC Brasil - Cultura
do UOL
ANSA
UOL Música - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Chico Barney
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
do UOL
do UOL
Reuters
Adriana de Barros
Reuters
Música
do UOL
Adriana de Barros
Adriana de Barros
Adriana de Barros
AFP
Da Redação
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
Adriana de Barros
Topo