Música

Artistas lamentam a morte de Belchior: "Uma mente privilegiada em cultura"

Divulgação/Ministério da Cultura
O cantor Belchior no Prêmio da Música Brasileira, em 1994 Imagem: Divulgação/Ministério da Cultura

Do UOL, no Rio

30/04/2017 15h56

Vários artistas se manifestaram nas redes sociais para lamentar a morte do cantor e compositor Belchior, na madrugada deste domingo em Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul, aos 70 anos. Entre as homenagens, está a do cantor Guilherme Arantes, que destacou a importância dele no cenário musical.

"Belchior, que eu não canso de homenagear de todas as maneiras, foi e sempre será o melhor letrista de canções transformadoras que já existiu. Uma mente privilegiada em cultura e de talento cortante e visceral. Uma pessoa doce, querida, com a qual pude compartilhar muitos saraus em sua casa, com vinhos, literatura, muitas risadas, muita sabedoria e ensinamentos", escreveu Guilherme em seu Facebook.
 
Nos últimos anos, Belchior, autor de "Apenas Um Rapaz Latino Americano" e "Como Nossos Pais", ficou conhecido por ter abandonado a carreira, a família e os bens pessoais. Em agosto de 2009, foi dado como desaparecido pela família e amigos. 

Artistas lamentam morte de Belchior

  • Thiago Duran/AgNews

    Estava rezando o Terço, quando fui interrompida pela chamada da amiga e linda cantora Liah Soares, só pra dizer da morte de Belchior. Ela sabe como o admiro e lhe rendo homenagens em cada show que faço, antes de cantar suas músicas. Educado, culto e muito elegante, é assim que lembro de Belchior. E assim guardarei os bons momentos, as boas conversas, suas belas canções com especial carinho e admiração. Por onde andava Belchior? Como terá vivido nos últimos anos? Como terá sido seus últimos momentos? Agora, apenas pequenos detalhes.... "sem parentes importantes, vivendo no interior...," Deus no comando! Descanse em PAZ, amigo!

    Elba Ramalho, no Facebook
  • Graça Paes/Foto RioNews

    Belchior que seu coração selvagem descanse em paz! "Talvez eu morra jovem, alguma curva no caminho, algum punhal de amor traído, completara o meu destino. Meu bem, vem viver comigo, vem correr perigo Vem morrer comigo, meu bem, meu bem, meu bem"

    Ana Carolina, No Facebook
  • Divulgação

    Não é nada legal receber mais uma noticia dessas. É chatíssimo ver nossos contemporâneos partirem, toda uma safra de despedidas, muito triste. Ainda mais um amigo leal e importante como esses. Um pedaço da mocidade da gente vai embora, nessas horas, mas é a lei natural... Isso é que dá viver! Belchior, que eu não canso de homenagear de todas as maneiras, foi e sempre será o melhor letrista de canções transformadoras que já existiu. Uma mente privilegiada em cultura e de talento cortante e visceral. Uma pessoa doce, querida, com a qual pude compartilhar muitos saraus em sua casa, com vinhos, literatura, muitas risadas, muita sabedoria e ensinamentos. Compartilhamos muitas viagens para nossas batalhas no Rio, e jamais vou esquecer nossas caminhadas em Copacabana, um companheirão que passou por todas as dificuldades possíveis num pais de grande perversidade, de muitos privilégios, de muitos "protegidos" e eternas injustiças. Mas o mundo lhe fez, faz e fará justiça, com toda sua liberdade de ser e de criar... A morte? A jogada é tirar de letra ...Afinal, é a única coisa mais fatalmente certa que existe. Nascer, morrer, faces da mesma moeda. Choramos o desconhecido...Mas assim como morrem pessoas, outras estão nascendo, a diferença é que não sabemos quem serão, pra podermos dar o mesmo valor. VIVA BELCHIOR !!!

    Guilherme Arantes, no Facebook
  • Marcos Hermes

    Acho que o Belchior deixa um legado importantíssimo da nossa geração. Ele foi um grande poeta. Ele sempre foi uma grande referência; é um poeta muito forte e atual. Tenho certeza que todos vão lamnetar essa perda. Deixa uma obra significativa retratando a nossa história. Será um poeta muito exaltado pela importância do que ele deixou. Alimentou grandes artistas, principalmmente a Elis, que virou grande referência, e tantos outros

    Fagner, em entrevista à Globo News
  • Divulgação

    Amigo Bel, eu estive lhe procurando nos últimos dias, mas, pelo visto, cheguei atrasado. Era só para lhe dar um abraço e fazer como nos velhos tempos, quando eu chegava e dizia 'Fala Antônio Carlos!', só pra ouvir você responder 'Antônio Carlos é a putaquepariu!' Vá em paz, irmão!

  • Reinaldo Marques/TV Globo

    Estou triste com a morte de Belchior.Conheci nos anos 70 e suas músicas me lembram o inconformismo que o jovem deve ter.Cearense com orgulho

    Serginho Groisman, No Twitter
  • Reprodução/SBT

    Triste pela morte de Belchior. Ele foi o interprete de uma geração e de uma época rica do país. Minha solidariedade à família e fãs

    Michel Temer, No Twitter

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
Adriana de Barros
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
UOL Música
do UOL
do UOL
Chico Barney
Música
AFP
Reuters
Da Redação
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
EFE
do UOL
do UOL
Topo