Música

Gil fala sobre morte com Bial: "Com a velhice, meditar sobre é necessário"

Reprodução
Pedro Bial entrevista Gilberto Gil em seu novo programa de entrevistas na TV Globo Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

09/05/2017 14h02

O cantor e compositor Gilberto Gil, 74, debateu sobre a morte durante participação no programa “Conversa com Bial”. De maneira franca e aberta, Gil afirmou que anda pensando no assunto com maior frequência, após ter ficado internado no ano passado por mais de 80 dias para tratar uma insuficiência renal.

“Com a velhice, a meditação sobre a morte se torna mais impositiva, necessária. A gente começa a lidar com essas questões”, disse o compositor, durante entrevista levada ao ar na noite de segunda-feira (8). “Não precisa ser tabu.”

O programa começou com o próprio Gil tocando “Não Tenho Medo da Morte”, canção escrita depois de uma longa conversa sobre o tema com o neurocientista português Antonio Damásio, com versos como: "Não tenho medo da morte, mas medo de morrer, sim, a morte é depois de mim. Mas quem vai morrer sou eu, o derradeiro ato meu, e eu terei de estar presente”.

Reprodução
Gil canta os versos de "Não Tenho Medo da Morte" Imagem: Reprodução

A relação de Gil com a morte esteve presente logo na infância com o pai médico. “Eu tive logo cedo uma percepção que aquilo [a morte] fazia parte da vida. Que só existe o fim da vida porque houve o começo dela”.

O cantor agora se debruça em novas composições sobre o nascimento da bisneta Sol de Maria e do neto Sereno, que devem fazer parte do novo disco que ele tem preparado.

A participação da jornalista Camila Appel, criadora do blog Morte Sem Tabu, também introduziu o assunto: “O que você quer ser quando morrer?”.

“Tanto faz”, respondeu Gil. “Se for o nada, com nada não há problema nenhum. Nada é nada”, disse o cantor, que afirmou não pensar em orientações para depois de sua morte. “Eu não tenho nada disso. Depois que eu me for, os vivos que lidem”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
do UOL
do UOL
Reuters
Adriana de Barros
Reuters
Música
do UOL
Adriana de Barros
Adriana de Barros
Adriana de Barros
AFP
Da Redação
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
Adriana de Barros
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Música
UOL Música - Imagens
do UOL
Blog do Matias
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Matias
EFE
AFP
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
Topo