Topo

Música

"Palavras impossíveis", diz Cher sobre morte de Allman; veja repercussão

Divulgação
Capa do álbum "Two the Hard Way", feito em parceria por Gregg Allman e Cher Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

27/05/2017 17h57

A notícia da morte de Gregg Allman, fundador da Allman Brothers Band, causou comoção no mundo da música neste sábado (27). Ele morreu em sua casa em Savannah (EUA), aos 69 anos. 

Cher, ex-mulher do músico, foi uma das primeiras a se manifestar nas redes sociais. "Eu tentei. Palavras são impossíveis, Gui Gui. Para sempre, Chooch", escreveu a cantora em seu Twitter. A união, acompanhada de perto pelos paparazzi, durou de 1975 a 1978 e resultou em um filho, Elijah Blue, e um álbum colaborativo, intitulado “Two the Hard Way”.

O ex-Beatle Ringo Starr também lamentou a morte: "Descanse em paz, Gregg Allman. Paz e amor a toda a família". 

Melissa Etheridge postou uma imagem dos dois para homenagear Allman. "Ele me mostrou suas tatuagens, sua voz, sua alma". 

Músicos de novas gerações também prestaram seus respeitos ao artista. "Amor e vida eternos a Gregg Allman", escreveu John Mayer. 

Keith Urban disse estar com o "coração partido pelo falecimento do irmão de alma Gregg Allman". "Bênçãos e paz a toda a família Allman", completou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!