Topo

Música

Geri Halliwell pede desculpas por deixar Spice Girls 19 anos depois

Reprodução/Montagem
O antes e depois de Geri Halliwell, das Spice Girls Imagem: Reprodução/Montagem

Do UOL, em São Paulo

01/06/2017 12h15

Is it too late now to say sorry? (É tarde demais para pedir desculpas?), como diz Justin Bieber. 19 anos depois deixar as Spice Girls, Geri Halliwell, a Ginger Spice, pediu desculpas. A saída repentina, no meio da turnê mundial, e devastadora para os fãs estava sem pedido de perdão, até agora.

Depois que um fã tuitou o "aniversário" de saída de Geri do grupo, ela respondeu: "Sinto muito por isso", escreveu ela. "Tudo dá certo no final, é o que a minha mãe diz!", escreveu.

Alguns fãs perdoaram. "Desculpas aceitas", escreveu um. Mas alguns ainda sentem o abandono no peito. "Como você dorme à noite?", escreveu outro.

Apesar de pedir desculpas pela primeira vez agora, Geri já havia falado sobre suas razões para deixar o grupo. Em uma entrevista em 2010, para o site Iconic, ela explicou que a intenção era sair no final da turnê, mas saiu antes porque foi proibida de dar uma entrevista sobre o Câncer de Mama, o que a deixou irritada.

"Eu deveria ser a defensora do girl power, e eu me sentia como hipócrita de não poder fazer nada para empoderar mulheres. Então, eu tive que ir. Na verdade, não tive outra escolha", disse ela.