Topo

Música

Arrocha, sertanejo, pagode: "Despacito" ganha diversas versões em português

Do UOL, em São Paulo

07/06/2017 09h57

Basta que uma música estrangeira faça sucesso no Brasil para que ela ganhe várias versões em português. Com "Despacito", o hit mais tocado no mundo atualmente, não foi diferente. E em pouco tempo, a faixa já ganhou interpretações sertanejas, românticas, arrochas e até um pagodão feito pelo grupo Molejo.

Mas, a versão em português oficial, aprovada pelos compositores Luis Fonsi e Érika Ender, ficou a cargo de Israel Novaes. Lançada no dia 26 de maio, a faixa teve até o momento apenas 75 mil visualizações. Em entrevista à Adriana de Barros, Israel disse que em breve pretende gravar um dueto com Fonsi.

No entanto, a interpretação mais romântica da música e com mais execuções em português foi feita por Luísa Sonza, que já tem mais de 5 milhões de visualizações no YouTube. Para a versão, a namorada do humorista Whindersson Nunes gravou até um clipe, filmado no topo de um prédio.

Outra versão que também está com bastante visualizações é o arrocha de Netto Gasparzinho, que já teve mais 200 mil visualizações. Já o duo Tritom fez uma versão mais eletrônica do hit e atingiu 3 milhões de views.

A versão mais sacana e também a mais divertida é, sem dúvidas, o pagodão do grupo Molejo, que apresentou a música no programa "Encontro", da Globo. Nela, o grupo "inventou" uma letra em português que não significa nada.

Influência brasileira

Com mais 1,8 bilhão de execuçõs no YouTube, "Despacito" foi composto pela cantora panamenha Érika Ender, filha de mãe brasileira, em parceria com Luis Fonsi. "Sentamos para tomar um café, botar o papo em dia. Fonsí queria fazer uma música com a palavra ‘despacito’ e juntos fomos criando a melodia e a letra", disse recentemente ao UOL.

A música "Despacito" ganhou também diversas paródias em português, feitas por youtubers como RezendeEvil, Whindersson Nunes e Kéfera.