Topo

Música

Caso perca na Justiça, Anitta pode pagar multa de até R$ 18 milhões

Reprodução
Anitta na gravação do clipe de "Paradinha" Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

07/06/2017 17h33

Em meio ao início de uma promissora carreira internacional, a cantora Anitta pode ter de pagar de R$ 9 a R$ 18 milhões, incluindo juros e correção, caso perca na Justiça o processo que está sendo movido por sua ex-empresária, Kamilla Fialho.

A projeção é do advogado da K2L Empreendimentos Artísticos, empresa de Kamilla que gerenciava a carreira da artista até 2014. Na época, Anitta rompeu o contrato e também entrou na Justiça alegando fraude de R$ 2,5 milhões em sua prestação de contas.

“Há dois processos diferentes. Um é o de rescisão unilateral e antecipada. A perícia já foi feita e constatou que a multa está na ordem de R$ 9,7 milhões, próximo a R$ 12 milhões com a correção”, diz ao UOL o advogado Leonardo Gomes, que espera que a sentença do caso saia dentro de três ou quatro meses.

Já no segundo processo, Anitta e a ex-empresária divergem sobre valores de crédito e débito em conta na época em que romperam a parceria, quando Anitta lançava o DVD “Meu Lugar”. Uma nova perícia será feita, e o resultado pode aumentar ou abater o valor da indenização que Anitta poderá ter de reembolsar.

“Dependendo do resultado, aquele valor de R$ 2,5 milhões pode ser acrescido ou abatido dos R$ 12 milhões periciados. Ou seja, a multa pode variar de uns R$ 9 milhões a até R$ 17, R$ 18 milhões. Tudo depende da sentença. O caso já foi todo instruído. Já mostramos as provas, diferentemente da outra parte, que só restringiu alegações”, afirma Gomes.

O UOL não conseguiu contato com a assessoria de imprensa e os advogados de Anitta até a publicação deste texto.

O caso

Em decisão proferida nesta segunda (5), a juíza Flávia de Almeida Viveiros de Castro, da 6ª Vara Cível da Barra da Tijuca, determinou que Anitta deposite 1.282.747,61 em conta judicial como garantia da ação de cobrança movida por sua ex-empresária.

O valor corresponde diferença entre o valor da multa por quebra de contrato e o que a cantora afirma ter sido desviado por Kamilla Fialho. A quantia ficará retida na Justiça até o fim do processo. Em 2015, Anitta já havia depositado R$ 3 milhões (R$ 4,2 milhões atualizados), também como garantia.

Em sua acusação, a cantora diz que Kamilla deve cerca de R$ 2,5 milhões referentes aos anos em que trabalharam juntas, o que será avaliado na próxima perícia judicial. Atualizado, o valor chegaria a R$ 4,1 milhões.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!