PUBLICIDADE
Topo

No dia dos namorados, Cazuza e Ney se reencontram em faixa inédita; ouça

Ney Matogrosso e Cazuza: Romance de quatro meses, mas amor duradouro - Reprodução
Ney Matogrosso e Cazuza: Romance de quatro meses, mas amor duradouro Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

12/06/2017 12h41

Quase 27 anos após a morte de Cazuza uma música inédita do cantor é divulgada. “Dia dos Namorados” foi lançada para aproveitar o clima romântico desta segunda, 12 de junho, e traz participação Ney Matogrosso, com quem teve um romance nos anos 1970.

A composição de Cazuza e Perinho Santana (1949 – 2012) foi gravada em 1986, inicialmente para o disco “Só Se For a Dois” (1987), mas Cazuza acabou descartando-a na pós-produção.



A música também marca a primeira vez em que as vozes de Cazuza e Ney se encontram na mesma música. No clipe, casais fazem demonstrações de amor e até os cantores aparecem abraçados em forma de ilustração.

Ney Matogrosso conheceu Cazuza no final da década de 70, quando o jovem tinha apenas 18 anos e ainda não havia feito sucesso como músico, enquanto Ney, 21 anos mais velho, estava no auge com o grupo Secos & Molhados. Os dois namoraram durante quatro meses.

Em entrevista recente no programa “Conversa com Bial”, Ney comentou que Cazuza foi seu verdadeiro amor. “Depois do Cazuza, eu admiti que poderia me apaixonar por alguém e viver com aquela pessoa. Depois dele, tive um relacionamento de 13 anos. E ele morreu de ciúme. Ele queria me fazer pirraça depois. Fiquei junto com ele até o fim da vida dele, eu ia lá para massagear os pés dele. E acho que a esses sentimentos a morte não dá fim”, disse.

Música