Música

20 coisas que só quem ouvia música em fita K7 vai entender

Reprodução/Twitter @hashtagstarwars
Imagem: Reprodução/Twitter @hashtagstarwars

Colaboração para o UOL

19/06/2017 16h49

Selena Gomez, Kanye West e Metallica são alguns dos artistas que lançaram álbuns em fita K7 recentemente. Ouvir música assim agora é cool, mas nem sempre foi assim: já foi uma necessidade.

Entre as décadas de 1980 e 1990, todo mundo tinha um mini-estúdio em casa --ou seja, um toca-fitas com gravador. Todo mundo já fazia playlists antes mesmo de saber o que é isso. E todo mundo que cresceu naquela época vai lembrar desses pequenos detalhes e rituais:

1. Rebobinar fita usando caneta Bic

Estes dois objetos foram feitos um para o outro

 

2. Colar as fitas com durex para poder gravar

As fitas K7 vendidas pelas gravadoras vinham com uma trava que impedia a regravação, mas para destravar era muito fácil: bastava colar as extremidades com fita durex

 

3. Esperar a música tocar no rádio para apertar REC

 

4. Usar máquina de escrever para caprichar nas etiquetas de identificação

 

5. Ou então esses decalques de letras que faziam sucesso na época

 

6. Usar cotonete no toca-fitas

Quando começava a dar muito chiado no som ou até enrolar a fita, era só pegar um algodão com álcool e fazer a faxina no cabeçote

 

7. Apertar REC sem querer e desgravar as músicas da fita preferida

Às vezes, o próprio aparelho destruía a fita sozinho...

 

8. Gravar recadinhos entre as músicas

Este aparelho que já vinha com microfone era ideal para isso

 

9. Usar walkman amarelo na cintura

 

10. Ouvir música em rotação lenta por causa da pilha fraca do walkman

 

11. Reaproveitar fitas

Quando enjoar das músicas, é só gravar outras por cima e mudar a etiqueta

 

12. Depois de gravar por cima, ouvir o "fantasma" da musica anterior

É por isso que é melhor usar fita virgem - ou, antes de reaproveitar uma fita, desgravar todas as músicas antes de gravar outras

 

13. Abrir a fita para tentar emendar com durex

 

#tape repair workshop.. Fixing a #pinkfloyd cassette

Uma publicação compartilhada por vinylhoarder (@vinylhoarder)

 

 

em

Às vezes elas arrebentam... alguns aparelhos "mastigam" a fita, e só assim pra consertar

 

14. Quebrar os botões "rewind" e "fast forward" para ouvir a música preferida

Na falta de uma caneta...

 

15. Personalizar as caixas e capinhas

 

16. Admirar os mosaicos de fita K7 nas vitrines das lojas de disco

Quando tinha lojas de disco

 

17. Sofrer com o som do carro que enrolava todas as suas fitas

Melhor evitar buracos

 

18. "Fazer rolo" com suas fitas depois que enjoar

 

19. Ou então pular corda mesmo

 

20. So não pode fazer chá

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

do UOL
Blog do Matias
AFP
Chico Barney
do UOL
AFP
EFE
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
Música
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
UOL Música - Imagens
Blog do Matias
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Matias
Música
Colunas - Flavio Ricco
do UOL
Topo