Música

Adele pode parar de fazer turnês, mas isso é uma surpresa?

Matt Sayles/Invision/AP
Adele abre o Grammy 2017 com o sucesso "Hello" Imagem: Matt Sayles/Invision/AP

Do UOL, em São Paulo

30/06/2017 15h58

Em seus mais recentes shows na Inglaterra, Adele distribuiu cartinhas aos fãs dizendo que a turnê atual pode ser a última da sua carreira. A reação no Twitter a gente já imaginava: susto e muita decepção. Ainda mais para os fãs brasileiros, que nunca viram Adele se apresentando por aqui e provavelmente não verão. Mas, para quem acompanha a carreira de Adele bem de pertinho, isso realmente foi uma surpresa?

Ela odeia apresentações ao vivo

Não precisa forçar muito a memória para se lembrar das últimas apresentações da britânica no Grammy. Na premiação deste ano, ela parou e pediu para recomeçar porque estava bastante emocionada em fazer homenagem a George Michael. No ano anterior, foi pior ainda. Um microfone caiu sobre as cordas do piano que a acompanhava e a desconcentrou. Dona de uma voz poderosa, Adele desafinou e não conseguiu atingir notas agudas.

Depois disso, ela contou que ficou chorando um dia inteiro. A cantora também já havia sido honesta com seu medo de palco. "Eu não quero desapontar as pessoas com esse meu medo", disse ela. Recentemente, ela disse durante um show na Nova Zelândia que turnês não são seu ponto forte.

O crítico de música norte-americano Jim Harrington afirmou que Adele foi maravilhosa, mas que fala demais durante a apresentação. Quarenta minutos de duas horas de apresentação foram dedicados a conversa com público sobre todos os assuntos, de ressaca a compras em shopping. 

Ela prioriza a família desde sempre

Adele diz em quase toda entrevista que quer dar uma vida normal ao filho. Ela levou anos para lançar seu novo álbum, "25" (2015), após o sucesso estrondoso de "21" (2011), porque, segundo ela, preferiu priorizar a criação de Angelo, que nasceu em 2012. “A primeira coisa que eu faço na vida é ser mãe, depois vem a minha vida pessoal, e em seguida o meu trabalho”, declarou ela à edição de março de 2016 da revista "Vogue" americana.

Adele já é (muito) rica

Em um ranking publicado pela jornal "The Sunday Times", Adele se tornou cantora britânica mais rica da história. De acordo com a publicação, Adele tem uma fortuna estimada em 85 milhões de libras (o equivalente a mais de R$ 430 milhões). O ranking reúne apenas estrelas do Reino Unido e da Irlanda, e Adele ocupou a 50ª posição. Seu último álbum, "25", vendeu mais de 15 milhões de cópias. Ian Coxon, que editou a lista para o "The Sunday Times", afirmou que a expectativa é que a fortuna de Adele cresça ainda mais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
Erratas
do UOL
Blog do Matias
EFE
EFE
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
TV e Famosos
do UOL
Adriana de Barros
TV e Famosos
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
Topo