Música

Em novo álbum, Jay Z admite traição a Beyoncé e revela que a mãe é lésbica

Getty Images
Beyoncé e Jay Z Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo*

30/06/2017 11h01

Faz apenas algumas horas que Jay Z lançou seu novo álbum "4:44" e a internet já tem uma certeza: o rapper realmente traiu Beyoncé, como ela tanto disse em "Lemonade".

Isso porque nas letras de muitas músicas, o rapper diz várias coisas que soam como confissões e respostas às letras do último álbum de Queen Bey. O rapper fala ainda sobre o nascimento de seus filhos gêmeos, a orientação sexual da mãe, Gloria Carter, e a escolha do Oscar de melhor filme deste ano.

Traição

No single que dá nome ao álbum, Jay Z admite ter se relacionado com outras mulheres, mais de um ano depois de sua esposa, Beyoncé, ter mencionado pela primeira vez as infidelidades do marido em seu álbum "Lemonade". Na música, ele se desculpa por ser mulherengo e em outro momento, diz que teriam muita vergonha se os filhos soubessem. 

Em entrevista à iHeartRadio, ele explicou o nome do álbum. “Acordei, literalmente, às 4:44 da manhã para escrever esta música“. É a faixa do título porque é uma música muito poderosa e acredito que é uma das melhores canções que já escrevi” explica Jay. 

Jay Z escreve uma ode de arrependimento sobre o casamento fraturado em "4:44", dizendo que "precisou que a minha filha nascesse, para que eu visse pelos olhos de uma mulher", em referência a filha do casal, Blue Ivy.

Mãe

"Mamãe teve quatro filhos, mas ela é lésbica / Teve que fingir por tanto tempo que é atriz", ele versa na faixa "Smile". "Teve que se esconder no armário, por isso se medica / A vergonha da sociedade e a dor foram muito para lidar". 

Essa é a primeira vez que a orientação sexual de Gloria Carter é revelada, e Jay Z se emociona ao cantar que a mãe encontrou um amor: "Não importa para mim se é ele ou ela / Só quero ver o seu sorriso em meio ao ódio".

Gêmeos

Ele também mencionou seus filhos gêmeos -- que teriam nascido neste mês de acordo com reportagens, mas sem confirmação oficial, dizendo "precisou que esses gêmeos naturais para acreditar em milagres, demorou muito para essa música, eu não mereço você".

Fãs ficaram chocados no último ano quando Beyoncé acusou Jay Z de traição em seu álbum "Lemonade", em uma rara rachadura na aparentemente perfeita fachada de um dos casais mais famosos do mundo da música.

Em sua música "Sorry", Beyoncé se refere a uma mulher misteriosa, a chamando de "Becky com o cabelo bom", que também aparece no título "Family Feud" de Jay Z, um dueto com Beyoncé, em que ele canta "Me deixe em paz Becky".

Em "Moonlight", Jay Z fala sobre o impacto do filme "La La Land" ter sido nomeado o melhor filme no Oscar desse ano, e em "The Story of O.J.", o rapper explora a identidade negra nos Estados Unidos.

"4:44" foi lançado exclusivamente na plataforma de streaming de música Tidal, fundada por Jay Z em parceria com a companhia de telecomunicações norte-americana Sprint Corp. 

O site Vulture reuniu as frases em que Jay Z parece conversar com as letras do Lemonade: 

"Hold Up": Nunca tivera a mulher mais poderosa da parada em seus lençóis
"Kill Jay-Z": Você quase foi Eric Benét (em referência ao homem que traiu Halle Berry)/ Deixe a mulher mais poderosa ir embora

"Sorry": Eu e meu bebê vamos ficar bem. Nós teremos uma boa vida
4:44”: Se meus filhos soubessem, eu não sei o que eu faria. Se eles não me olhassem mais do mesmo jeito, eu provavelmente morreria de vergonha. 

Sorry”: Ele só me quer quando eu não estou/ É melhor ele ligar para a Becky de cabelo bom. 
"Family Feud": Sim. Eu vou acabar com uma coisa boa se você me deixar/Deixe-me em paz, Becky!
 

*Com informações da Reuters

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
TV e Famosos
do UOL
do UOL
TV e Famosos
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
Erratas
do UOL
Blog do Matias
EFE
EFE
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
Topo