Topo

Música

Kesha lança clipe de "Praying" em que enfrenta depressão e se afasta do pop

Reprodução
Cena do novo clipe de Kesha, "Praying", lançado nesta quarta-feira Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

06/07/2017 09h51

A cantora Kesha lançou nesta quinta-feira (6) seu novo clipe "Praying" e nele deixa de lado a pegada pop-alegre para cantar uma faixa mais depressiva e melancólica.

Ela abre o clipe com um discurso onde fala sobre ter sido abandonada e pedindo a Deus um sinal ou a deixe morrer. "Estar viva dói demais", diz a atriz.

A faixa tem uma batida poderosa e indica uma mudança de caminho da artista. Em uma carta aberta, ela escreveu: "Esta música é sobre sentir empatia por outra pessoa, mesmo se ela te machucou ou te assustou. É uma música sobre aprender a ter orgulho da pessoa que você é, mesmo nos momentos mais baixo-astral, quando você está se sentindo sozinha".

Ela continua: "Eu sei que nunca abandonei meus fãs, meus animais ou minha família. Mas quando você está depressiva, realmente, verdadeiramente depressiva, você sente como se não tivesse nada. Mesmo tendo meus gatinhos dormindo perto de mim nas horas mais escuras, não puderam me trazer a luz (...) Você começa a rezar, ou coisa assim. Você olha para o seu passado vergonhoso, passado que você deseja esconder, e admite que precisa de ajuda".

A faixa estará em seu novo álbum "Rainbow", o primeiro em cinco anos, previsto para ser lançado no dia 11 de agosto.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!