Topo

Música

Jornais internacionais repercutem multa que Justin Bieber pagou no Brasil

Do UOL, em São Paulo

07/07/2017 12h07

A decisão judicial brasileira que obrigou o cantor Justin Bieber a pagar R$ 20 mil (US$ 6.000) ao Instituto Nacional do Câncer, como multa por ter pichado um muro no Rio, repercutiu na imprensa internacional nesta sexta (7).

O site americano da revista "Billboard" relembrou a história, ocorrida em 2013, quando o canadense, acompanhado de seus seguranças, pichou o muro do Hotel Nacional.

A reportagem destacou ainda o fato de que, no Brasil, pichar muros privados sem autorização é crime passível de punição de um ano de cadeia ou multa.

Já o site do canal de TV britânico BBC destacou que o valor da multa foi direcionado a um hospital que trata pacientes com câncer do Rio. A reportagem relembrou ainda que o cantor foi flagrado saindo de um bordel.

O site da agência de notícias France Press relembrou que Bieber tinha apenas 19 anos na época e que causou confusão também em seu quarto de hotel ao quebrar diversos objetos de valor.

Leia um trecho da decisão que extinguiu o processo:

"A defesa técnica juntou os comprovantes de cumprimento da pena pecuniária consistente na doação de bens ao INCA, proposta pelo Ministério Público, na sua integralidade, tendo o Parquet opinado pela homologação e extinção da punibilidade, nos termos do art. 84, parágrafo único da lei 9099/95. Antes deste juízo ratificar o recebimento da denúncia, estando presentes os requisitos para tanto, a defesa comprovou a doação ao instituto indicado pelo Ministério Público com a aquisição dos bens necessários. Assim sendo, em vez de dar prosseguimento ao feito, com a doação efetivada não há mais interesse processual ao levar em conta a antecipação da pena. Isto posto, deixo de resolver o mérito e julgo extinto o processo na forma do artigo 485, inciso VI, parágrafo 3º do Código de Processo Civil c/c art. 3º do Código de Processo Penal."

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!