Topo

Música

Claudia pensou mesmo em tirar Leitte, mas desistiu: "Eu ensino a pronúncia"

Rodolfo Magalhães/Divulgação
Cenas do novo clipe de Claudia Leitte, gravado na quarta-feira (12) em São Paulo Imagem: Rodolfo Magalhães/Divulgação

Ricardo Feltrin

Colunista do UOL, em São Paulo

14/07/2017 08h15

Dados compilados pelo laboratório Eurofarma apontam que a ação publicitária de um remédio para tratar intolerância à lactose, envolvendo a “mudança de nome” da Claudia Leitte no final do mês passado, foi um estrondoso sucesso nas redes sociais.

É o que dizem os números.

Segundo a coluna apurou, a taxa de reação positiva à ação nas redes sociais da cantora passou de 93%

A campanha foi lançada por meio da rede social de Claudia, que primeiro fez o anúncio da mudança, e depois revelou o verdadeiro motivo: uma ação publicitária.

Apesar disso, a cantora confirmou que, bem antes da campanha do remédio Perlatte, a retirada do sobrenome Leitte chegou a ser discutida com seu selo e escritório, o Roc Nation.

O motivo foi justamente a dificuldade que o público alguns mercados, como o norte-americano, tem na pronúncia do “Leitte”.

Rodolfo Magalhães/Divulgação
Cena do novo clipe de Claudia Leitte, gravado em São Paulo Imagem: Rodolfo Magalhães/Divulgação

Os mercados norte-americano e hispânico são dois alvos dessa nova fase da cantora e de seu escritório e selo --propriedades de Jay-Z, marido de Beyoncé.

Em inglês, por exemplo, ela diz que é comum as pessoas pronunciarem seu sobrenome como “Líte”

“Isso chegou a ser pensado. Isso foi discutido (no Roc Nation) lá atrás. No início até pensei que poderia ser... quem sabe... Mas, veja: muitos brasileiros não sabem até hoje pronunciar direito Arnold Schwarzenegger, ou, Gwyneth Paltrow… e eles não vão mudar o nome por causa disso”, diz sorrindo

“Eu acho que até que no futuro vai rolar mesmo algo do tipo : E aí, Claudia, como é que se pronuncia?”

E completa: “Mas pode deixar que eu ensino a pronúncia, ensino todo mundo a falar direitinho”.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!