Topo

Música

Viúva de Chester Bennington abre o coração: "Como vou seguir em frente?"

REUTERS/Steve Marcus
Chester e Talinda Bennington Imagem: REUTERS/Steve Marcus

Do UOL, em São Paulo

28/07/2017 11h43

Oito dias após a morte de Chester Bennington, vocalista do Linkin Park que foi encontrado morto em casa, a viúva Talinda divulgou um comunicado emocionante sobre a importância do músico para a família e os seis filhos. 

"Há uma semana, eu perdi minha alma gêmea e minhas crianças perderam seu herói - o papai. Nós tivemos uma história de conto de fadas e agora se transformou em uma tragédia shakesperiana. Como faço para seguir em frente? Como recolho minha alma despedaçada?", lamenta a mulher.

"A única resposta que conheço é criar nossos bebês com todo o amor que sobrou em mim. Quero que a comunidade e os fãs saibam que nós sentimos seu amor. Sentimos sua falta também. Minhas crianças são muito novas para perder o pai. E eu sei que vocês [fãs] vão ajudar a manter a memória dele viva", acrescentou.

"Ele era uma brilhante e amorosa alma com uma voz angelical. E agora ele está livre das dores, cantando suas músicas em nossos corações. Que Deus nos abençoe e que nos ajude a se voltar para o outro quando estivermos com dor. Chester queria que isso acontecesse. Descanse em paz, meu amor".

No dia de sua morte, a família de Chester estava fora da cidade e quem encontrou o corpo foi a governanta da família. O “TMZ” também divulgou a chamada de emergência feita pelo motorista da família. Na ligação, ele explica que havia acabado de chegar à residência, quando a governanta o informou que Chester havia se matado. Nos fundos, é possível ouvir a governanta gritando e chorando, aparentemente conversando com a esposa do cantor em outro telefone.

Família e amigos têm acreditado que a decisão de se matar foi repentina. Chester foi encontrado da mesma forma que o cantor Chris Cornell, seu amigo próximo que também se suicidou em maio.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!