Topo

Música

No Dia do Orgasmo, relembre músicas quentes que têm o "gemidão do Whatsapp"

Do UOL, em São Paulo

31/07/2017 14h42

Uma data como esta não pode passar em branco. O Dia do Orgasmo é nesta segunda-feira (31), e o UOL selecionou algumas músicas que usam algo o famoso "gemidão do Whatsapp" (ou algo parecido com ele) para deixar as coisas mais quentes.

"Kiss Kiss Kiss" - John Lennon e Yoko Ono

Essa faixa do disco "Double Fantasy" começa tranquila, como um beijinho, mas termina em um furacão carnal com uma sonoridade psicodélica e experimental que traz Yoko no clímax.

"Justify My Love" - Madonna 

Madonna não poderia ficar de fora da lista. A faixa da compilação "The Immaculate Collection Madonna", de 1990, tem a popstar esperando o amado para consumar o desejo. A cantora declara que está "aberta e pronta" para ela justificar seu amor. 

"Whole Lotta Love" - Led Zeppelin

Robert Plant na década de 1970 se considerava um "Deus Dourado", e esse clássico do Led Zeppelin dá uma ideia de seu sucesso com as mulheres. O vocal sexy, gemido casa com a guitarra eletrizante de Jimmy Page.

"Açucar Candy" - Ney Matogrosso

O Brasil não poderia deixar de ser representado. O ex-Secos e Molhados descreve um orgasmo na letra de duplo sentido e é ainda mais direto em trechos como "meu corpo estremece, meu corpo falece" e "ai, precipício, que poço de delícias".

"Rocket Queen" - Guns N' Roses

Para ter os gemidos ao fundo da música, o vocalista Axl Rose fez questão de passar um tempo com Adriana Smith para gravar os dois transando. A questão é que ela era namorada do baterista Steve Adler na época e quis se vingar porque o músico não a tratava bem. Uma traição gravada para a eternidade.

"Hot In Herre" - Nelly

O rapper americano caprichou e fez uma música tão quente que até colocou fogo no teto da balada. As gemidas no meio da faixa são resultado do que o Nelly pode fazer quando chega na "night".

"Love to Love You Baby" - Dona Summer

Beyoncé fez uma versão mais leve desta música, mas foi a rainha da disco music que "causou" primeiro ao falar sobre a intimidade de um casal . Na versão estendida, são 23 "orgasmos" em 17 minutos. Até que é um bom número.

"Je t'Aime... Moi Non Plus" - Serge Gainsbourg & Jane Birkin

Os orgasmos mais famosos da música são franceses. O cantor parisiense retrata uma conversa íntima de um casal na cama. Como não poderia deixar de ser, foi motivo de polêmica na época. A música acabou banida em diversos países, inclusive no Brasil.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!