Topo

Música

Luiz Melodia é sepultado sob aplausos e gritos de "Viva a cultura negra!"

Luna Vale

Colaboração para o UOL, do Rio

05/08/2017 10h39

Ao som de aplausos e dos versos de Pérola Negra, o cantor e compositor Luiz Melodia foi sepultado por volta das 11h deste sábado (5), no Cemitério do Catumbi, no Rio de Janeiro, cercado por familiares, amigos e fãs. O cantor morreu na madrugada desta sexta-feira em decorrência de um câncer na medula óssea. Ele estava internado no hospital Quinta D'Or.

O carro funerário chegou ao cemitério acompanhado por um cortejo que partiu da quadra da Escola de Samba Estácio de Sá, onde o corpo estava sendo velado. A procissão musical com cerca de 150 pessoas continuou até o local do sepultamento, ao som de clássicos do cantor como "Estácio Eu e Você", "Diz que eu fui por aí", "Pérola Negra" e "Estácio, Holy Estácio".

Regina Casé comentou sobre o amigo. "Ele era de uma elegância suprema. Talvez a pessoa mais elegante que já vimos. Claro que ele vai fazer uma falta enorme num momento de tanta deselegância e falta de leveza." Ao consolar a viúva, Jane Reis, se emocionou e fez questão de dizer o quanto tinha carinho pela família.

A mulher do cantor e o filho Mahal Reis, seguraram rosas brancas durante todo o cortejo. A viúva também carregava um livro do escritor Manoel de Barros e se emocionou quando começaram a cantar uma música religiosa. O corpo foi sepultado com os amigos e familiares cantando baixinho a música "Pérola Negra", acompanhados de trompete, pandeiro, violão e bumbo.

Antes de fecharem a sepultura, Jane disse "Vai em paz, meu amor". Gritos de "Viva a resistência negra desse país. Viva a cultura da favela" foram aplaudidos por alguns presentes. Em seguida, os familiares se juntaram aos músicos para uma alegre e emocionada homenagem ao cantor Melodia com o público cantando sucessos como "Estáacio, Holly Estácio", "Eu sou o Samba" e"Maracangalha".

"Meu pai sempre foi muito amoroso, sábio e inteligentíssimo. Ele deixou um legado humano e artístico infinito. Como ensinamentos, ele me deixou a nobreza do ser humano e como a pessoa deve se comportar. Ele era muito solidário.Tenho certeza que ele foi em paz e a homenagem não poderia ser diferente.", disse o filho Mahal.

A atriz Zezé Mota, muito emocionada, disse que Melodia era seu irmão de coração e seu ídolo. "Trabalhamos juntos. Foi uma amizade de mais de 40 anos. Não dá para comparar a obra dele. Ele é único, como pessoa e como poeta. Ele é muito especial. Nosso consolo é que a obra dele ficará conosco eternamente".

A irmã de Melodia, Vânia Fernandes disse que ele era mais do que um irmão. "Ele foi um amigo, meu companheiro, meu segundo pai, ajudou a me criar, pois sou a caçula de cinco irmãos", comentou, ressaltando que sempre participou da carreira do cantor. "Ele sempre me carregava junto nas viagens e me deixava fazer o que eu queria. Uma vez, quase coloquei fogo em um hotel", relembrou com saudades.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!