Topo

Música

Chitãozinho e Xororó titubearam para gravar Evidências, conta José Augusto

Reprodução/Record
José Augusto é entrevistado no "Programa do Porchat" Imagem: Reprodução/Record

Do UOL, em São Paulo

09/08/2017 12h26

José Augusto falou de seus 44 anos de carreira no "Programa do Porchat". O cantor, que compôs músicas para vários famosos, como Jerry Adriani e Chitãozinho e Xororó, relembra que teve dificuldade para que alguém gravasse "Evidências" - que se tornou um "hino" nos videokês pelo Brasil.

"'Evidências' foi a loteria, ninguém esperava. Os primeiros produtores que ouviram disseram que não era legal. A gente jamais imaginou que 'Evidências' pudesse ultrapassar o tempo, e as fronteiras, ser gravada em Espanhol. É uma coisa de louco", afirmou.

Ramon Vasconcelos/Rede Globo
Já imaginou "Evidências" sem Chitãozinho e Xororó? Imagem: Ramon Vasconcelos/Rede Globo

Ele recorda que a dupla também teve dúvidas com relação ao sucesso que a canção faria. "Eles também titubearam. Não fico chateado com isso, tem músicas que eu mesmo acho que não vão fazer sucesso e fazem".

Também não há arrependimento por não ter gravado e estourado com ela, garante. "Não bate vaidade, Chitãozinho e Xororó já gravaram 13 canções minhas. Nunca pensei assim, quando entrego a canção para alguém, estou entregando um trabalho meu para um artista".

José Augusto falou ainda sobre a frequência com que esquece a letra de suas 300 composições - já aconteceu no "Domingão do Faustão" e também ao lado do Rei. "Já paguei cada mico... Fui convidado em 1990 para cantar com Roberto Carlos e escolhi 'Fera Ferida'. Na hora da minha entrada deu branco, uso TP (teleprompter) por isso. No meu show é mais fácil, eu improviso. No final, ele errou a letra também. Fiquei envergonhado até chegar o comunicado dele dizendo que estava tudo bem".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!