Topo

Rock in Rio

Com beijaço, Johnny Hooker e Liniker pedem para "amar sem temer" no RiR

Do UOL, no Rio

17/09/2017 17h14

Não precisou de discurso. Johnny Hooker e Liniker fizeram uma apresentação potente voltada para a afirmação e representatividade gay no palco Sunset, na tarde deste domingo (17), no Rock in Rio, com canções sobre a liberdade de amar e um beijo na boca bem dado.

Em dueto, os artistas cantaram de mãos dadas “Flutua”, single recente lançado em parceria, cujo no refrão se reinvidica: “Ninguém vai poder querer nos dizer como amar”. Ao fim da canção, veio o beijo, ovacionado pela plateia.

Enquanto isso, no telão, além de alertar que o Brasil é o País que mais mata LGBT no mundo, a mensagem foi direta: “amar sem temer”.

Ostentando dois brincos com as palavras “Fora Temer” nos bastidores, Liniker subiu ao palco sem a mensagem pendurada nas orelhas, mas com o pedido na ponta da língua – que ecoou na plateia durante a apresentação, que ainda contou com mais um pernambucano da nova geração, Almério.

"A todas formas de amor, a todas formas de troca”, dedicou ao cantar “Zero”, quando também trouxe um intérprete de libras para o centro do palco.

"O show de hoje é uma grande reafirmação da nossa existência, do nosso lugar no mundo, Dos nossos corpos, dos nossos afetos. É uma celebração da vida. A gente está aqui para anunciar que a vida venceu e a vida vai vencer", declarou Hooker para o "Multishow", antes de entrar no palco. "A nossa música é como manifesto", explicou Liniker.

 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!