Rock in Rio

Nile Rodgers: Brasil passa por momento difícil e música tem poder de mudar

Bruna Prado/UOL
Nile Rodgers & Chic transformam Rock in Rio em pista disco Imagem: Bruna Prado/UOL

Felipe Branco Cruz

Do UOL, no Rio

18/09/2017 04h00

A música muda o mundo. Essa foi a mensagem que Neil Rodgers, um dos músicos mais influentes da disco music, deixou após o show que fez neste domingo (17) no Palco Sunset do Rock in Rio 2017. "O Brasil está passando por um momento difícil, assim como os Estados Unidos. E a música tem o poder de mudar o mundo. Música tem alma e faz as pessoas se sentirem bem", disse ao UOL o guitarrista e produtor, autor de clássicos dos anos 1970 como "Good Times" e "Le Chic", nos bastidores do festival.

"Recentemente tocamos na Turquia, na mesma época de um atentado terrorista. Perguntamos para o público se eles queriam que cancelássemos o show. A resposta foi 'não'. Mesmo quando coisas loucas acontecem com a gente, a música nos faz sentir protegidos e seguros", afirmou.

Para Nile, a música é a melhor maneira de explicar para as pessoas sobre as desigualdades e corrupção. "Se colocamos isso numa música, as pessoas cantam e entendem melhor a mensagem. Funciona melhor que um jornal".

No Brasil, a influência de Nile Rodgers na música é imensa. Recentemente, ele gravou "Blecaute", do Jota Quest, com participação de Anitta. Outro artista brasileiro fortemente influenciado pelo guitarrista é o rapper Gabriel O Pensador, que sampleou os acordes de "Good Times" em "2345meia78". "Já toquei com Milton Nascimento e Caetano Veloso. São ótimos, ótimos. A música é assim. É a única coisa que entendemos em todas as línguas".

Gramado virou pista disco

O show transformou o gramado em frente ao Palco Sunset em uma verdadeiro clube disco, com o público fazendo passinhos coreografados. No cercadinho VIP, nomes como Simoninha, Toni Garrido, Liniker e Johnny Hooker dançavam animadamente diante da surra de hits. Na última música da apresentação, "Good Times", os artistas e parte da produção subiu ao palco para dividir o espaço com Nile Rodgers e a banda Chic.

Outro destaque da apresentação foi o discurso poderoso sobre a batalha contra o câncer e a homenagem à Lady Gaga. Nile Rodgers lembrou da parceira musical com a cantora logo no início do show, lamentando a ausência forçada dela do Rock in Rio. Ele também desejou que, assim como ele, ela se recupere plenamente da doença que a afeta, a fibromialgia.

Lady Gaga já colaborou com Nile Rodgers em um cover de "I Want Your Love" para uma campanha de moda. Eles também dividiram o palco no tributo a David Bowie no Grammy de 2016. Nile já adiantou que Gaga será uma das colaborações do álbum novo do Chic que deve ser lançado ainda neste ano.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
Chico Barney
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
UOL Música - Imagens
UOL Entretenimento
Música
UOL Música
do UOL
TV e Famosos
TV e Famosos
UOL Entretenimento
UOL Música - Imagens
TV e Famosos
UOL Música - Imagens
UOL Música - Imagens
TV e Famosos
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
TV e Famosos
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
do UOL
TV e Famosos
do UOL
UOL Música - Imagens
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo