SP Trip

Sósia de Axl Rose é motorista de rodotrem e coleciona vinis da banda

Mariana Pekin/UOL
O fã Jeferson Soares se considera sósia do vocalista do Guns N' Roses, Axl Rose. Ele vai assistir ao show da banda no São Paulo Trio Imagem: Mariana Pekin/UOL

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

26/09/2017 18h00

Uma figura chamava a atenção de quem aguardava o show do Guns N' Roses do lado de fora do Allianz Parque, em São Paulo, nesta terça-feira (26). Com longos cabelos loiros e lisos, óculos escuros e uma bandana vermelha na cabeça, atraía olhares por lembrar Axl Rose em seus tempos áureos, em um visual que até hoje é ligado ao vocalista da banda.

Arquivo Pessoal/Jeferson Soares/
Sósia do Axl Rose no São Paulo Trip, Jeferson Soares tem uma vasta coleção do Guns N' Roses Imagem: Arquivo Pessoal/Jeferson Soares/

Mas o sósia paulistano de uma das figuras mais emblemáticas do rock faz algo bem diferente de Axl em seu dia a dia. Ele é motorista de rodotrem, espécie de carreta gigante. Aos 33 anos, Jeferson conta que curte Guns desde os 12 e costuma se vestir como Axl para ir aos shows da banda. O visual com bota e jaqueta branca é inspirado no do clipe de "Paradise City" e rende muitos pedidos de fotos na porta dos estádios. O cabelo claro e a barba ruiva rala ele garante que são naturais e que sempre rendem comparações com o líder do Guns N’ Roses.

Mas o amor pelo grupo não é demonstrado apenas visualmente. Além de se vestir como Axl para vir aos shows, ele também coleciona vinis da banda. São tantos discos que Jeferson até já perdeu as contas, mas carrega orgulhoso as fotos da coleção em seu celular. Para o show desta terça, ele espera ver um Axl melhor vocalmente do que no Rock in Rio, show que assistiu pela TV em um barzinho de rock.

“Achei que o pessoal cobrou muito a voz dele em relação ao passado. Mas, pelo tempo de show que ele fez, pela turnê que ele vem fazendo com o Guns e fez com o AC/DC ficou até bom. No ano passado, que assisti ao vivo aqui mesmo no Allianz, foi bem melhor”, opina o sósia.

Jefferson também acha que a produção do Rock in Rio poderia ter feito mais. “O Rock in Rio não deu um bom suporte para ele se apresentar com a voz e idade dele. O Axl abusa muito dos drives (técnica vocal) e o que prejudicou foi mais o fato de fazer um show aberto para tanta gente. Aqui acredito que seja bem melhor”, confia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
do UOL
Música
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo