Topo

Música

Parceria com Milton e 1 bi no YouTube: Os bastidores do canal Mundo Bita

Reprodução
O canal infantil "Mundo Bita" já acumula mais 1 bilhão de visualizações no YouTube Imagem: Reprodução

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

15/10/2017 04h00

"É mais importante a aprovação dos nossos filhos do que dos nossos sócios. Digamos que são eles que dão o primeiro aval", brinca Chaps Melo, diretor de criação, cantor e compositor do Mundo Bita, um dos mais importantes canais infantis do YouTube. O canal acumula mais de 1 bilhão de visualizações em cinco anos, mas a ideia inicial era muito diferente do que é sucesso hoje na internet, rodando o Brasil com shows e ainda garantindo uma parceria -- e outra a caminho -- com Milton Nascimento.

Lá em 2010, Chaps e seus sócios tinham pensado em uma "revista digital" para os pequenos, que poderia ser acessada em celulares, tablets e computadores. No meio desse projeto, um pouco perdida, estava uma trilha sonora. E  sobrou para ele: "Como tinha facilidade e também porque não tínhamos grana para contratar ninguém, acabei tendo que resolver", explica ao UOL.

Desse processo saíram três músicas que viraram clipes - somados já foram vistos mais de 120 milhões de vezes-- e a equipe percebeu qual chave para o sucesso. A prova concreta disso foi que o Discovery Kids adorou o formato colorido, os personagens amigáveis e as músicas criativas. "As pessoas perceberam a qualidade do produto muito rapidamente. A gente começou a trabalhar o audiovisual e virou de uma hora para outra, porque percebemos que o nosso foco era fazer música e educação para a criançada".

Com os mesmos sócios, animadores e músicos por trás desde o começo do Mundo Bita, Chaps detalha o processo particular que é compor e gravar cada música que chega à plataforma de vídeos. "A música acaba se tornando um roteiro da nossa animação. Componho a música em casa, em um processo bastante particular, na maioria das vezes sozinho. É um processo que acontece cada vez de um jeito, mas normalmente vou para minha casa e trabalho as composições".

O canal infantil funciona como uma série da Netflix, em que um episódio (uma animação em vídeo) é lançado por mês. Toda "temporada" tem um tema principal --o deste ano é natureza--, em que Chaps precisa destrinchar as músicas relacionadas ao assunto escolhido e seus subtemas. "Quando a música está pronta a gente vai na Mr.Plot [empresa criada pelos mesmos sócios] e começa o processo de animação dos vídeos. Vai pelo storyboard, animatic e tudo mais. Cria-se a animação, finaliza e vai para a tela das famílias", define o compositor.

Poesia para as crianças

Sabe todo o cronograma acima? Chaps garante que essa é a parte metódica do trabalho, mas todas as músicas guardam um carinho especial: "Essa é a parte grossa, mas a gente trabalha com poesia, então falar assim parece muito frio. O que nos motiva é que somos todos pais, todos temos alguma ligação direta ou indireta com a música. Então no nosso dia a dia a gente vive muito a poesia do Mundo Bita. Não dá para ser só esse cronograma organizado", garante o criador, aos risos.

Falando sobre inclusão social, brincadeiras de crianças, dinossauros e até a necessidade de escovar os dentes, o Mundo Bita enfrentou certa resistência para firmar parcerias pelo tom "adulto" tanto dos temas quanto das músicas do canal. "[Falavam que] Não ia vender para o público infantil, era muito lindo mas não ia ter um valor comercial.  A gente trabalha sempre a poesia muito rica e passar isso para as famílias. Nas crianças o que dificulta é que a gente precisa ter um critério maior, às vezes tem algumas limitações, até de assuntos que a criança não entende ainda e que não fazem no universo dela, que a gente tem que ir lá para abordar".

Chaps nasceu em uma família musical. Sua mãe tocava piano --"estou me matriculando de novo no curso da mamãe para aprender a tocar o piano depois de velho"-- e ele sempre teve bandas, mas tudo pela diversão. "Nunca imaginei viver de música profissionalmente", comenta Chaps, que recorre a um maestro para musicar todas as composições feitas para o Mundo Bita.

Parceria com Bituca

“A gente tinha um sonho de fazer uma parceira com alguém que fosse importante para a nossa música. Até no começo foram sugeridos alguns nomes, mas a gente sempre preservou a marca de se juntar com alguém que não representasse tanto os nossos valores”, lembra Chaps.

Pode até ter demorado um pouco, mas valeu a pena. Milton Nascimento topou participar de uma música do Mundo Bita após o intermédio de um produtor. “Para nossa alegria, ele curtiu o produtor e ficamos namorando ele até acontecer. Ele convidou a gente para ir até a casa dele gravar, nos recebeu lá, foi super generoso e deixou a gente trabalhar como a gente costuma trabalhar sem questionar nada”.

Reprodução
Milton Nascimento entrou para a turma do Mundo Bita Imagem: Reprodução

De colegas de trabalho, Mundo Bita e Bituca (como é chamado carinhosamente) viraram amigos e o vídeo de “O Trem das Estações” já passou dos quatro milhões de visualizações em apenas um mês.

E pelo visto a camaradagem rendeu frutos. Mais uma parceria com o ícone da MPB está a caminho e novamente uma versão animada do cantor deve pintar no canal: “Anteontem eu estive na casa, já estamos conversando sobre uma nova parceria, enfim, ele que nos convidou agora. Então é um artista que, do sonho de gravar, consolidamos uma amizade e deu muito certo”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!