Música

Guitarrista do System of a Down é criticado ao lamentar morte de Manson

Marco Antonio Teixeira/UOL
Imagem: Marco Antonio Teixeira/UOL

Do UOL, em São Paulo

21/11/2017 10h20

O guitarrista e vocalista do System of a Down Daron Malakian causou polêmica na web ao falar sobre a morte de Charles Manson, um dos assassinos mais notórios do século 20. O músico se disse muito triste pela morte de Manson, aos 83 anos, em um hospital na Califórnia, e o citou como uma influência artística no auge da banda que o lançou ao estrelato.

Em seu Facebook, Malakian afirmou: “Muito triste de ouvir as notícias da morte de Charles Manson. Durante o tempo em que eu estava escrevendo o disco ‘Toxicity’, as entrevistas e a música de Manson foram uma grande influência para mim, como artista.”

Malakian disse que deu o nome de “ATWA” a uma das canções do System of a Down por causa de uma organização ambiental criada por Manson.

O guitarrista ainda tentou pontuar em seu texto que não era o lado assassino que o fascinava. “Meu interesse era em seus pensamentos e visões de sociedade bem articulados, não em seus assassinatos. A pintura que vocês veem nessa foto é uma que pedi para meu pai fazer com Charles Manson como tema e eu a usei como arte para a música ‘Fucking’, do Scars on Broadway [banda paralela ao S.O.A.D], lançada em vinil”, completou ele.

California Corrections Office/Reprodução
Imagem: California Corrections Office/Reprodução

Mesmo com a ressalva, ele atraiu diversos comentários contrários à sua visão. Alguns seguidores se disseram desapontados, pontuaram que alguém que mandava assassinar pessoas é indefensável e destacaram que um armênio não deveria defender um homem que tatuou uma suástica em seu rosto.

Daron Malakian ainda foi às caixas de comentários duas vezes tentar se explicar. “Não apoio o assassino Charles Manson, eu apoio sua arte e sua visão sobre sociedade e meio ambiente. Às vezes pessoas talentosas fazem coisas ruins”, disse ele. “Se vocês só sabem sobre Charles o que viram na mídia, não os culpo. Mas lembrem-se que ele foi um artista e que sua música ‘Look at Your Game, Girl’ teve um cover do Guns N’ Roses. Ele foi um gênio que podia articular seus pensamentos de uma maneira muito clara. É essa parte de Manson que me influenciou”.

Manson foi o líder de uma seita que assassinou pelo menos sete pessoas, sendo a mais famosa delas a atriz Sharon Tate, esposa do então já premiado diretor de cinema Roman Polanski Ela morreu em 1969, grávida de oito meses, após ganhar um Globo de Ouro

Manson foi sentenciado a morrer na câmara de gás em 1971. A pena capital, porém, foi alterada para prisão perpétua depois que os tribunais declararam inconstitucional punir com a morte os reclusos no Estado da Califórnia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Chico Barney
do UOL
Adriana de Barros
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
DW
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
AFP
Chico Barney
do UOL
UOL Música - Imagens
do UOL
UOL Música - Imagens
Adriana de Barros
do UOL
Adriana de Barros
UOL Entretenimento
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
UOL Música - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
Adriana de Barros
Topo