Música

Ex-produtor dos Mamonas, Rick Bonadio critica remix de Alok: "Tá péssimo"

Lucas Lima/UOL
Rick Bonadio posa para foto no estúdio 1, do Midas, na Zona Norte de São Paulo Imagem: Lucas Lima/UOL

Do UOL, em São Paulo

14/12/2017 18h16

Produtor dos Mamonas Assassinas, Rick Bonadio não gostou nem um pouco do remix que o DJ Alok fez da música "Pelados em Santos".

"Alô Alok, o segundo acorde é um B menor e você colocou maior mesmo mantendo as melodias de voz e metais. Vamos arrumar isso? Conceito é uma coisa, falta de musicalidade é outra. Tá péssimo", escreveu o produtor no Twitter.

A música foi lançada pelo dono do hit internacional "Hear Me Now" no mês passado, 21 anos depois do trágico acidente que tirou a vida de Dinho, Bento Hinoto, Júlio Rasec, Samuel Reoli e Sérgio Reol.

Os fãs do DJ não ficaram nada felizes com o comentário do jurado do "X Factor Brasil", mas alguns apoiaram o produtor.

"Alo Rick Bonadio, vai cuidar dos seus trabalhos e deixa os dos outros. Vai aprender o conceito de cuidar da própria vida", escreveu um usuário. "Acontece que ele produziu os Mamonas Assassinas, então tem o total direito de comentar qualquer coisa", rebateu outro.

O Alok ainda não se manifestou sobre a polêmica, mas a dupla Sevenn, formado pelos irmãos Sean e Kevin Brauer, que produziu a faixa, afirmou que "não está incorreta, apenas não é a versão original. Aprenda antes de criticar".

Bonadio respondeu: " Não, não é. Se você tivesse mudado o arranjo e a harmonia faria sentido. Mas é apenas um acorde errado. E, por sinal, o remix é horrível. Mamonas é uma lenda e vocês desrespeitaram a memória deles. Tomara que aprendam para o futuro".

Ouça abaixo o motivo para tanta discussão:

"Obrigado pelo marketing"

O DJ Alok gravou um vídeo no Instagram respondendo as críticas de Bonadio. "Vou mostrar que a gente tocou B menor, mas, dependendo da forma como você toca, parece um B maior", explicou o músico antes de sentar no teclado e mostrar a diferença.

"Tá vendo, gente? Na verdade, está soando a nota certa, só pode parecer um pouco diferente. E isso é um releitura, a gente tem o diretor de mudar o arranjo e a estrutura, assim como fiz com o remix do Mick Jagger".

Junto com o duo Sevenn, o brasileiro garantiu que Kevin tem ouvido absoluto e ainda fez um teste para provar que o produtor não erra uma nota. Logo na sequência, o DJ emendou os acordes de "Hear Me Now".

"Essa musica a gente fez com muito carinho, uma homenagem ao Mamonas. A gente abriu mão de todos os direitos [autorais], tudo faturado é direcionado para o Mamonas. Fizemos em consenso com a família do Dinho".

Por fim, Alok completa: "Rick, obrigado pelo marketing. Ao invés de você fazer críticas, vem para o estúdio fazer críticas construtivas, você pode aprender com a gente e nos ensinar muito também. Vem pra cá dar uma atualizada".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
EFE
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Chico Barney
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo