Topo

Música

Vou provar minha inocência, declara Gene Simmons sobre acusação de assédio

Reprodução
Gene Simmons, do Kiss Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

17/12/2017 15h29

Gene Simmons, vocalista, baixista e um dos líderes da banda Kiss, respondeu neste domingo (17) as acusações de assédio que recebeu de uma mulher que o entrevistou na inauguração de um restaurante na Califórnia, em novembro. Em um comunicado em suas redes sociais, o músico de 68 anos nega que tenha praticado assédio e diz que aguarda ansiosamente pelo dia em que vai provar na corte que é inocente.

Uma mulher entrou com um processo contra o roqueiro alegando ter sido assediada por ele durante uma entrevista na inauguração de um dos restaurantes da rede Rock & Brews, da qual Simmons é sócio junto com Paul Stanley, também do Kiss. Ele teria a tocado inapropriadamente por diversas vezes, machucado sua garganta e a forçado a colocar as mãos em seus joelhos. A vítima preferiu se manter anônima.

Leia o comunicado do músico na íntegra:

Amigos,

Estou aqui para me defender contra quaisquer acusações que vocês possam ter lido na mídia.

Apenas para registro, eu não assediei a pessoa que fez essas acusações da forma que foi colocada na queixa nem a prejudiquei de qualquer maneira.

Estou conversando com meus advogados com o objetivo de combater rigorosamente essas alegações.

Aguardo ansiosamente pelo dia no tribunal em que poderei provar a minha inocência.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!