Topo

Música

Cantor Seal é investigado por agressão sexual

Marco Antonio Teixeira/UOL
Seal está sendo investigado pela polícia de Los Angeles Imagem: Marco Antonio Teixeira/UOL

Do UOL, em São Paulo

16/01/2018 10h41

O cantor Seal está sendo investigado por uma acusação de agressão sexual feita por uma vizinha. A denúncia veio a público uma semana após ele acusar a apresentadora Oprah Winfrey de ser conivente com os crimes cometidos pelo produtor Harvey Weinstein.

Ao TMZ, a atriz Tracey Birdsall contou que o crime teria acontecido em 2016, quando ela e Seal eram vizinhos em Los Angeles. Ela estava na cozinha de Seal para pegar um utensílio que havia emprestado ao cantor, quando ele, repentinamente, avançou sobre ela.

Segundo Tracey, Seal tentou beijá-la à força, e, em seguida, agarrou seus seios, insinuando que ela “estava pedindo” por estar usando shorts e regata. A atriz pediu ao artista que parasse e, nesse momento, ele a convidou para sentar no sofá. Pouco depois, Seal começou novamente a falar de sua roupa e a agarrou. A atriz deixou o local pouco depois disso e não teve mais contato com o cantor.

Tracey revelou ao TMZ que decidiu denunciar o caso após ver as declarações de Seal sobre Oprah. Uma fonte do site confirmou que o cantor está sendo investigado pela polícia de Los Angeles.

Em comunicado oficial, um representante do cantor disse que ele nega “veementemente” as acusações e as classificou como falsas. 

 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!