UOL Música

Publicidade

31/01/2006 - 19h00
"O Samba Pede Passagem" influencia batucada paulistana desde 1978

RODRIGO SIQUEIRA
especial para o UOL


As ligações entre o samba e o rádio têm raízes que remontam às décadas de 1920 e 1930. Foi por meio do cantor de rádio Francisco Alves que o compositor Ismael Silva popularizou o samba tal como o conhecemos hoje. Silva inovou com a música "Se Você Jurar", que diferia dos sambas amaxixados que eram compostos por Donga, por exemplo. Desse momento inaugural até os dias atuais, o samba teve momentos de baixa, mas sempre se reinventou e reencontrou o sucesso.

É no contexto de uma dessas reinvenções do samba que o radialista Moisés da Rocha grafou na história do rádio (e do samba) o nome de seu pioneiro programa "O Samba Pede Passagem". No ar, entre um bloco musical e outro, Moisés da Rocha recebeu o UOL para a sexta vídeo-reportagem da série Samba SP.

Atualmente sintonizado na Rádio Capital AM (1040 MHz), das 23 horas de sábado até às 6 horas da manhã de domingo, o programa "O Samba Pede Passagem" foi ao ar pela primeira vez em 1978, na Rádio Universidade de São Paulo FM, estação em que permaneceu durante 22 anos. Segundo Moisés, o programa "foi o primeiro a se dedicar exclusivamente ao samba nas emissoras FM".

O radialista destaca que tinha como preocupação, além de tocar os sambas das velhas guardas, atentar a uma nova geração que surgia no final dos anos 1970. Foi o faro para identificar os novos e bons sambas que fez Moisés da Rocha apostar no grupo Fundo de Quintal, que até então era desconhecido e que, posteriormente, desencadeou uma renovação do gênero.

"Era um som novo, diferente. O Ubirany (um dos integrantes do Fundo de Quintal) substituiu o surdo `treme- terra´, aquele surdão de som grave das escolas de samba, pelo tan-tan e fez disso a base rítmica do grupo. O Almir Guineto também veio com o banjo. Eu ouvi, achei muito bom e passei a tocar o disco, religiosamente, todos os dias", conta Moisés.

À vídeo-reportagem, Moisés relata que, na esteira do Fundo de Quintal, foi lançado um disco chamado "Raça Brasileira", que trazia os compositores que faziam os sambas para o grupo. Dessa coletânea, do tipo conhecido no meio musical como "pau de sebo" por ter muita gente participando, destacou-se Zeca Pagodinho. "Depois disso, o Zeca gravou o seu primeiro disco. E os grandes sucessos dele começam aí, também tocando no "Samba Pede Passagem"."

No ar em São Paulo, Moisés da Rocha passou a exercer crescente influência no mundo do samba, a ponto de ser o programador da primeira emissora exclusivamente de samba do Rio de Janeiro, a Rádio Carioca. "Carioca, quando queria tocar algum samba lá na rádio, tinha que mandar aqui pra São Paulo. A gente ouvia e, se tivesse qualidade, a gente programava para tocar lá", diz.

O radialista reclama a necessidade de se criar mais espaço para o samba nas rádios de São Paulo e diz que o ouvinte tem que prestar atenção nos compositores locais. Além dos Demônios da Garoa e do Quinteto em Branco e Preto, Moisés da Rocha destaca que São Paulo produz muito samba de qualidade. "A gente tem de lembrar que São Paulo tem Germano Mathias, tem Osvaldinho da Cuíca, o Eduardo Gudin, que é parceiro do Paulo César Pinheiro. Tem também o grupo Redenção, o Thobias da Vai Vai, tem a Dona Inah, uma senhora gravou agora, depois dos 60 anos de idade, tem o grupo Pé de Molque. Tem gente fazendo samba de verdade, samba de qualidade", enfatiza.

O Samba Pede Passagem receberá pela segunda vez, em abril de 2006, o prêmio de Melhor Programa de Rádio Musical concedido pela APCA - Associação Paulista dos Críticos de Arte.


___________________________________
"O SAMBA PEDE PASSAGEM"
Todos os sábados, de 23 horas até as 6 horas de domingo.
Rádio Capital AM - 1040 kHz
Telefone (11) 3053-1040

ÍNDICE DE NOTÍCIAS  IMPRIMIR  ENVIE POR E-MAIL


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
16/06/2009

13h46- Aerosmith toca íntegra de disco clássico de 1975 em turnê

12h30- Primeiro festival de documentário musical começa dia 25 em São Paulo

12h15- Integrante da banda The Ventures, Bob Bogle morre aos 75 anos

12h07- http://img.uol.com.br/ico_assistir.gif Jeff Beck toca "Where Were You" ao vivo

12h05- http://img.uol.com.br/ico_assistir.gif Guitarrista inglês Jeff Beck toca "Big Block"

12h02- http://img.uol.com.br/ico_assistir.gif Clipe ao vivo de "Scatterbrain" com Jeff Beck

12h00- http://img.uol.com.br/ico_assistir.gif Jeff Beck toca "Goodby Pork Pie Hat" ao vivo

11h58- http://img.uol.com.br/ico_assistir.gif Jeff Beck toca "Led Boots" ao vivo em Londres

11h43- Spyro Gyra e homenagem a Carmen Miranda passam por palcos paulistanos

11h39- Violinista Hilary Hahn apresenta repertório erudito na Sala São Paulo

Mais Notícias