UOL Entretenimento Música
 

11/10/2010 - 18h23

Veterano do indie rock, Yo La Tengo sai do palco sob vaias de fãs de Linkin Park no SWU

MARIANA TRAMONTINA
Enviada especial a Itu (SP)
  • Ira Kaplan, cantor e guitarrista do Yo La Tengo, em show no Festival SWU (11/10/2010)

    Ira Kaplan, cantor e guitarrista do Yo La Tengo, em show no Festival SWU (11/10/2010)

Um dos nomes mais importantes do indie rock, o Yo La Tengo acertou ao escolher suas músicas com pegada mais rock para tocar no SWU Music and Arts Festival e deixar de lado as baladas --com exceção de "Autum Sweater". O terceiro dia do evento na Fazenda Maeda, em Itu, encerra a maratona de shows com bandas de peso dividindo o mesmo palco do trio norte-americano, uma das atrações com mais tempo de carreira dentro da programação.

O Yo La Tengo entrou no palco ao som de "From A Motel 6" e seguiu com o som prejudicado no início, com instrumentos soando embolados. Depois de acertar a regulagem, o guitarrista e vocalista Ira Kaplan caprichou nas distorções e microfonias, e trouxe de volta o tom experimental que inseriu na cena alternativa há 26 anos de história e em mais de uma dezena de álbuns de estúdio, o último deles, "Popular Song", lançado no ano passado.

No gigantesco Palco Ar, Kaplan e seus companheiros Georgia Hubley (bateria) e James McNew (baixo e voz) --formação que se mantém desde 1992-- pareciam deslocados com tanto espaço para tocar músicas como "Tom Courtenay", "Sugarcube" e "Today is the Day". O show do Yo La Tengo cairia melhor num palco menor e para um público mais direcionado.

Depois de uma versão alongada de "Pass the Hatchet, I Think I'm Goodkind", com quase 15 minutos de distorção sob base de baixo e bateria, a banda saiu de cena sob vaias e dedos médios em riste levantados pelo público que estava na grade que separa a pista comum da área premium, grande parte vestindo camisetas das bandas Avenged Sevenfold e Linkin Park.

Peso na programação
O Palco Ar foi aberto às 14h30 com o músico cabo-verdiano Iló Ferreira, que estava na programação de domingo (10), mas teve seu show cancelado por problemas técnicos. A apresentação de meia-hora do músico antecedeu Alain Johannes e a banda Crashdïet no mesmo espaço.

No palco ao lado, Gloria e Rahzel deram as batidas do metal. Apesar do remanejamento de Iló para o lineup do dia, os shows não foram prejudicados, já que a produção diminuiu os intervalos para não gerar atrasos. A programação do último dia do SWU segue com Cavalera Conspiracy, Avenged Sevenfold, Incubus, Queens of The Stone Age, Pixies, Linkin Park e o DJ Tiësto, que encerra a primeira edição do festival.

Hospedagem: UOL Host