! Jorge e Mateus apresentam seu novo sertanejo ao tradicional público de Barretos - 23/08/2009 - UOL Música - Barretos
UOL Entretenimento Música
 

23/08/2009 - 16h31

Jorge e Mateus apresentam seu novo sertanejo ao tradicional público de Barretos

André Piunti
Colaboração para o UOL, em Barretos

Flávio Florido/UOL

Jorge, da dupla Jorge e Mateus, durante apresentação em Barretos (22/08/2009)

Mais de trinta mil pessoas aguardavam, na arena lotada e nas arquibancadas, a dupla Jorge e Mateus subir ao palco. Fenômenos do que seu convencionou chamar de sertanejo universitário, os jovens de Goiânia chegaram a um patamar no qual não cantam mais para uma faixa específica de público (interessada nesse gênero), mas sim para o público sertanejo em geral.

Quando a dupla apareceu no telão do estádio, cantando um trecho de “Mistérios”, foi possível ter uma idéia do que os aguardava na arena. Ao som dos primeiros acordes de “Pirraça”, a multidão respondeu cantando “Pelo amor de Deus, Jorge e Mateus”.

Misturando músicas dos dois discos da carreira, a dupla soube prender a atenção do público até as três horas da manhã, após quase duas horas de show. Do repertório, “Querendo te Amar”, “Tem Nada a Ver” e “Um Dia Te Levo Comigo” foram destaques, mas “Pode Chorar”, música que apresentou Jorge e Mateus ao país, foi a mais festejada, pois até mesmo quem não conhecia muito a dupla, sabia cantar.

Como acontece normalmente nos shows de duplas que nasceram do público jovem, Jorge e Mateus tocaram alguns axés, como “Sou Praieiro”, do Jammil e Uma Noites, e animaram o público com uma versão mais animada de “Ilariê”.

Foi a primeira vez que eles se apresentaram no palco principal da festa. No ano passado, a dupla cantou sobre um trio elétrico que desfilou pelo parque. “Na arena é emocionante, por ser Barretos, por ser aquela multidão. Isso era um sonho meu e do Mateus”, contou Jorge.

Um trecho diferente, mas que agradou muito, também, foi quando Mateus, o segunda voz, juntou as músicas “I’m Yours”, de Jason Mraz, com “Chora, Me Liga”, de João Bosco e Vinícius, em uma só canção, ideia criada pela dupla Léo Verão e Daniel Freitas.


O show, que fica marcado na carreira da dupla, como os próprios cantores disseram, também foi importante para se ter ideia de que o público sertanejo, geralmente rigoroso, aprendeu a admirar uma dupla da nova geração.

 

Hospedagem: UOL Host