PUBLICIDADE
Topo

MC Gui lança DVD e quer ter programa de TV no estilo "Dia de Princesa"

Thays Almendra

Do UOL, em São Paulo

02/09/2014 15h05

Quatro meses após a gravação de seu primeiro DVD, "O Bonde é Seu", MC Gui lançou nesta terça-feira (2) o novo trabalho e já dá sinais de mudança em seu comportamento. Mais alto, encorpado e com a voz grossa, o funkeiro de 16 anos diz que agora é mais do que um adolescente. "Mudei bastante. Já sou um rapazinho". E ele tem em mente projetos de gente grande, entre eles uma carreira internacional e um programa próprio na televisão.

MC Gui viu sua carreira mudar em pouco mais de um ano. Vindo da zona leste de São Paulo, fez sucesso na internet com a música "O Bonde Passou", foi contratado pela gravadora Universal Music, gravou um DVD ao vivo e afirma ter levado "o funk a uma estrutura jamais alcançada”.

"Fui sonhando muito mais alto. Poder fazer um DVD desse aqui com uma megaestrutura no meio do funk me deu essa condição. Hoje, já sonho mais alto ainda. Sempre tive vontade de sair do país, mas agora tenho a possibilidade de ter uma turnê pelo Brasil e também lá fora", disse ele em entrevista exclusiva ao UOL.

Apelidado de "príncipe da ostentação" pelo público teen, Gui disse que incorpora esse papel com as fãs. Ele já participou do quadro "Dia de Princesa", do programa "Domingo Legal", do SBT, e gostou da experiência. Pegando carona nisso, o funkeiro acredita que o próximo passo é ter algo fixo na televisão.

"Não só penso em ter um programa de TV, como já está sendo conversado. Quero apresentar um programa para quem não consegue me ver e para quem é de longe. Seria um musical, um 'Dia de Princesa' realizando um sonho de uma fã, e um game show com perguntas do Gui", explicou. Até o momento, não há confirmação sobre qual emissora transmitiria a atração, mas o UOL apurou que existem negociações com a Record.

Funk com pop

Com tantas mudanças, Gui também quer entender e estudar mais a forma de arte que lhe proporcionou uma carreira: a música. Ele conta que, após o DVD, se interessou "muito mais" pelo assunto. "Voltei a fazer minha aula de canto, porque eu vi que o meu sonho tinha se tornado realidade e quis me aproximar mais da perfeição. Vi que eu podia cantar melhor", contou o garoto, que também promete não se afastar do funk.

O DVD traz 16 canções, entre elas singles inéditos bem pop como "Bum Bom" e "Beijo de Algodão Doce". De acordo com Gui, foi uma mistura proposital. "Quis jogar mais um pop com o funk, não quero sair do funk.  O dia em que você ouvir uma música pop minha, vai ter um pouco do funk e vai ter um pouco de ostentação, vai ter um pouco da minha raiz mesmo."

Com investimento de mais de R$ 1 milhão, segundo divulgado, o primeiro DVD de MC Gui mistura imagens de um "príncipe futurista" (comparação feita pelo pai do garoto) com símbolos do funk ostentação, como as correntes de ouro. O cantor desce do teto para o palco de rapel e se junta a mais de 20 dançarinos fantasiados de robôs iluminados. Uma banda e um DJ compõem o espetáculo, que também tem participações de Bochecha, MC Koringa, MC Nego Blue e MC Pocahontas.