Música

Líder do Evanescence processa gravadora por retenção de direitos autorais

Do UOL, em São Paulo

03/01/2014 13h08

A vocalista e líder do Evanescence Amy lee está em guerra contra sua gravadora, informou o site TMZ. Segundo ela, a empresa arruinou o grupo e ainda os privou de mais de US$ 1 milhão.

Lee diz que a Wind-UP Records arquitetou um plano para sabotar a banda ao trocar os promotores por "um bando de idiotas que retiveram US$ 1,5 milhão de direitos autorais".

Essa não é a primeira vez que o grupo se envolve em problemas financeiros. No início de 2013, o ex-guitarrista do Evanescence, Ben Moody, foi processado por seus empresário por supostamente dever US$ 500 mil em comissões.

A empresa Rider Management Inc afirma que foi acordado, em 2006 – 3 anos após Ben sair do Evanescence -, que o guitarrista deveria repassar uma comissão por cada projeto concretizado. Eles alegam que o dinheiro ficou nas mãos do músico.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

EFE
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
Música
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
UOL Música - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
TV e Famosos
do UOL
EFE
AFP
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
TV e Famosos
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
UOL Música - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
Topo