Topo

Música


Virtuosismo ostentação de Yngwie Malmsteen conquista aos poucos no Monsters

Marco de Castro

Do UOL, em São Paulo

2015-04-26T16:14:53

26/04/2015 16h14

Após um atraso de 28 minutos, o guitarrista sueco Yngwie Malmsteen começou o seu show às 14h48 deste domingo (26), segundo dia do festival Monsters of Rock, em São Paulo. Solos virtuosos e malabarismos com a guitarra marcaram a apresentação.

No início, alguns problemas no som puderam ser notados. O microfone do tecladista e vocalista Nick Marino falhou logo de cara e uma microfonia castigou os ouvidos do público no final da primeira música. Mas logo tudo foi corrigido, e o guitarrista pôde mostrar a lendária velocidade de seus dedos para o público, que não estava tão empolgado assim, mas aos poucos foi sendo dominado pelo heavy metal épico e erudito do sueco.

Com um visual glam, correia de guitarra com estampa animal print de onça, além de um relogião de pulso dourado e correntes, pulseiras e anéis que fariam inveja a um funkeiro ostentação, Malmsteen jogava o instrumento para o alto, girava-o em torno do corpo, solava com os dentes e fazia todos os truques manjados de guitarristas virtuosos.

À medida que o show avançava, as palmas da plateia iam crescendo. Mas o público só se entusiasmou mesmo quando o músico tocou e cantou um trecho de "Purple Haze", de Jimi Hendrix --único momento do show em que ele soltou a voz, pois sequer falava com o público, tarefa que deixava para o baixista Ralph Ciavolino.

No mais, a performance continuou com solos intermináveis de guitarra, até ser encerrada, pouco menos de uma hora após o início, com Malmsteen atirando várias vezes a guitarra no chão e estraçalhando o instrumento. Do repertório, um dos destaques foi o clássico "Alone in Paradise".

Confira abaixo a programação completa deste domingo:

12h15 - Dr Phoebes
13h05 - Steel Panther
14h20 - Yngwie Malmsteen
15h50 - Unisonic
17h20 - Accept
18h50 - Manowar
20h40 - Judas Priest
22h30 - Kiss