Topo

Música


A caminho do RS, jato de Safadão sofre despressurização e faz pouso no PR

Reprodução/TV Globo
A caminho do RS, jato de Safadão sofre despressurização e faz pouso no PR Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

2016-01-31T22:45:42

31/01/2016 22h45

O jatinho do cantor Wesley Safadão sofreu uma despressurização e precisou fazer parada fora de escala em Curitiba, no Paraná. A informação foi dada pelo "Fantástico", da TV Globo, neste domingo (31).

Uma equipe do programa acompanhava Safadão a bordo da aeronave para reportagem especial. A emissora não deu detalhes, mas o incidente teria ocorrido durante a viagem do músico para o seu primeiro show no Estado do Rio Grande do Sul. Ele se apresentou nas cidades do Rio Grande, na última quinta, e no Festival Planeta Atlântida, em Xangri-lá, na sexta.

"É para dar adrenalina, emoção", disse brevemente o cantor, ao relatar o susto no ar.

Aos 27 anos, Safadão atingiu nesta temporada a marca de 25 shows por mês, com cachês de R$ 500 mil em média. Em uma conta simples, poderá terminar o ano faturando mais de R$ 100 milhões --o mesmo faturamento estimado pela apresentadora Xuxa. Mesmo deduzindo-se a mordida do leão da Receita Federal e as despesas de turnê (Wesley emprega mais de uma centena de pessoas), é um desempenho extraordinário.

Nas redes sociais, ele acumula 2,6 milhões de seguidores no Facebook, os programas de auditório da TV o disputam e o colegas já sabem de sua força: este ano, fez dueto com a estrela Ivete Sangalo na canção "Parece que o Vento" e participou de DVD de Bell Marques, ex-Chiclete com Banana. Em um show completamente lotado no Estádio Mané Garrincha, gravou há alguns meses o DVD "Ao Vivo em Brasília", um apanhado de seus hits que conquistam multidões: "Leva Eu Pra Sua Casa", "Camarote", "Segunda Opção", entre eles.

O que é despressurização?
O ar dentro dos aviões reproduz uma condição atmosférica bem diferente da encontrada do lado de fora. Quando um avião voa a 41 mil pés, internamente a sensação é de uma altitude de 8 mil pés (pouco mais de 2,4 mil metros) , permitindo que as pessoas respirem normalmente. Quando essa condição se altera, ocorre a despressurização.

Qual a causa?
A causa mais comum é o mau funcionamento do sistema que mantém a pressão do ar em níveis aceitáveis. Os casos de despressurização explosiva decorrentes, por exemplo, de danos na estrutura do avião, são raros.