Música

Resultado da autópsia de George Michael é inconclusivo: "Inexplicável"

Reprodução
O namorado Fadi Fawaz teria encontrado George Michael já morto na cama Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo*

30/12/2016 13h44Atualizada em 30/12/2016 16h32

O primeiro laudo sobre a causa da morte de George Michael é inconclusivo. O relatório da autópsia realizada no cantor de 53 anos aponta que a morte é "inexplicável, mas não suspeita". 

Segundo a polícia britânica, serão feitos mais testes toxicológicos para tentar chegar a uma causa para a morte do cantor, que aconteceu no domingo (25) de Natal. 

"Foi realizada uma necropsia ontem (quinta-feira) como parte da investigação sobre a morte de George Michael" e os resultados "não são conclusivos", diz o comunicado.

A polícia acrescentou que serão realizadas mais análises, "cujos resultados levarão várias semanas para ser divulgados".

George Michael tinha um histórico de problemas com drogas. Tabloides britânicos chegaram a divulgar que o cantor usava crack e heroína.

Em 2011, Michael foi forçado a cancelar uma série de shows para tratar uma pneumonia. Segundo a BBC, o cantor chegou a ser submetido a uma traqueostomia para conseguir respirar e chegou a ficar inconsciente durante sua estada no hospital.

Após a morte, uma fonte anônima teria dito ao jornal que o cantor nunca se recuperou completamente deste episódio. "Parte do pulmão dele não funcionava mais [...] George nunca escondeu o quanto ele fumava", disse.

Michael teria morrido dormindo. Ele foi encontrado já morto na cama por seu namorado, Fadi Fawaz. Segundo a revista "The Hollywood Reporter", o empresário de longa data do cantor, Michael Lippman, afirmou que a causa da morte foi insuficiência cardíaca.

"Tem sido muito difícil. Eu sabia que ele não estava muito bem, mas nenhum de nós sabe o que aconteceu", disse ao Daily Mail Katerina Pourikou, amiga de infância e irmã do melhor amigo de George Michael. O cantor será enterrado ao lado da mãe no Cemitério  Highgate, no norte de Londres

*com informações da AFP

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

EFE
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
UOL Música - Imagens
Blog do Matias
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Matias
Música
Colunas - Flavio Ricco
do UOL
TV e Famosos
AFP
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
Blog do Matias
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
Blog do Matias
do UOL
Topo