Música

Fãs prestam última homenagem em velório de Chuck Berry

Lawrence Bryant/Reuters
Corpo de Chuck Berry é velado em St. Louis Imagem: Lawrence Bryant/Reuters

Do UOL, em São Paulo

09/04/2017 12h43

Fãs fizeram fila na manhã deste domingo (9) para prestar uma última homenagem a Chuck Berry, três semanas após sua morte, aos 90 anos. Nos EUA, os corpos costumam ser embalsamados e é comum que os velórios ocorram vários dias após a morte, em especial de celebridades.

O funeral aberto aos fãs foi no Pageant, um clube de St. Louis, cidade natal do músico. Em seguida, haverá uma cerimônia privada para a família e amigos.

Jeff Roberson/AP
Imagem: Jeff Roberson/AP
Berry foi velado em um caixão aberto com uma guitarra elétrica vermelha Gibson parafusada no interior da tampa.

Entre as coroas de flores, havia uma em forma de guitarra, enviada pelos Rolling Stones, uma das muitas bandas influenciadas pelo músico.

Berry foi um dos responsáveis por solidificar o nascente rock 'n' roll com faixas de sua autoria, lançadas pela gravadora Chess Records, de Chicago, que logo chegaram ao grande público e elevaram o rock ao status de fenômeno pop.

As faixas traziam os vocais característicos de Berry, acordes inventivos na guitarra e uma sensibilidade para a experiência dos jovens da época. Em poucos anos, seu repertório seria adotado por artistas como Beatles, Rolling Stones e Beach Boys, que copiaram a melodia de "Sweet Little Sixteen", do guitarrista, em "Surfin U.S.A.".

Brian Wilson, do Beach Boys, chegou a dizer que Berry escreveu "todas as grandes canções e inventou todas as batidas do rock 'n' roll". Alguns de seus principais sucessos incluem "Thirty Days", "Too Much Monkey Business", "Brown Eyed Handsome Man", "You Can't Catch Me", "School Day", "Carol", "Back in the U.S.A.", "Little Queenie", "Memphis, Tennessee", e "Rock and Roll Music".

Berry também ficou conhecido por seu estilo exuberante no palco, com seu "duck walk" --uma espécie de marcha através do palco, abaixado--, que se tornou sua marca registrada.

Em outubro, o músico havia anunciado em seu site que estava preparando um novo álbum, em comemoração a seus 90 anos, com o título de "Chuck" e principalmente faixas inéditas, a ser lançado este ano. Seria seu primeiro novo disco em quase 40 anos.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Música
UOL Música - Imagens
do UOL
Blog do Matias
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Matias
EFE
AFP
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Matias
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
Da Redação
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
TV e Famosos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo