Topo

Música

Linkin Park lança clipe minutos antes do anúncio da morte de vocalista

Reprodução
Chester Bennington, vocalista do Linkin Park, em cena do clipe "Talking To Myself" Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

20/07/2017 15h55

Minutos antes da notícia da morte do cantor Chester Bennington, na manhã desta quinta-feira (20), o Linkin Park lançou um novo clipe.

O vídeo feito para a música "Talking To Myself" --que faz parte do álbum "One Morme Light", lançado em maio deste ano-- traz cenas de shows por diversas cidades do mundo e também dos integrantes em estúdio. Apesar de cantada por Chester, a composição é assinada pelos parceiros de banda Mike Shinoda e Brad Delson junto com Ilsey Juber e J.R. Rotem.

"One More Light" não foi bem acolhido pelos fãs, que criticaram a guinada pop na produção e nas composições.

Suspeita de suicídio

Segundo fontes ouvidas pelo site TMZ, que divulgou a notícia da morte de Chester, o cantor de 41 anos se enforcou em sua residência, em Palos Verdes, condado de Los Angeles. A polícia não divulgou mais informações sobre o caso.

Nascido em Phoenix, no Arizona, Chester sempre falou abertamente sobre o vício de drogas e álcool, luta que travou desde a adolescência, após ter sido abusado sexualmente por um amigo mais velho. Em entrevistas, ele havia dito ter considerado o suicídio no passado.

Reinaldo Canato/UOL
Imagem: Reinaldo Canato/UOL

Chester era casado e deixa seis filhos de dois casamentos. Ele era amigo próximo do cantor Chris Cornell, vocalista do Soundgarden que cometeu suicídio em maio e que completaria 53 anos nesta quinta-feira. No funeral do amigo, Chester cantou "Hallelujah", canção de Leonard Cohen.

À frente do Linkin Park, Chester impulsionou o rock nas paradas de todo o mundo no início dos anos 2000 com o disco "Hybrid Theory", e os sucessos "In the End" e "Crawling".

Em pouco tempo, a banda se tornou o principal expoente do movimento nu-metal, que misturava o peso do metal com batidas de hip-hop e música industrial.

O segundo álbum, "Meteora", vendeu 5,5 milhões de cópias nos Estados Unidos e mais de 10 milhões no mundo inteiro, e fez a banda se tornar a mais popular do Facebook, com 65 milhões de fãs. No Brasil, a banda levou 80 mil pessoas ao Morumbi, em São Paulo, para a turnê do disco.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!