Topo

Música

Há dois meses, mulher de Chester alertou sobre prevenção de suicídio

Reprodução/Twitter
No Twitter de Talinda, fotos do casal Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

21/07/2017 12h07

Há dois meses, a mulher do cantor Chester Bennington, encontrado morto nesta quinta-feira (20), alertou em sua conta no Twitter sobre prevenção de suicídio.

Talinda Bennington retuitou a mensagem da Fundação Americana de Prevenção ao Suicídio ao saber da morte de outro roqueiro e amigo próximo da família, Chris Cornell, que naquele mês havia se enforcado em um quarto de hotel.

“É tempo de construir um exército de cidadãos que se defendem e ajudem a guiar uns aos outros para a ajuda da saúde mental. Ajude-nos a parar os suicídios”, dizia a mensagem.

Mortes parecidas

A maneira como Chester Bennington supostamente se matou é muito semelhante à forma que Chris Cornell usou para também tirar a própria vida. Segundo fontes da polícia ouvidas pelo site "TMZ", que divulgou a notícia, o vocalista do Linkin Park se enforcou em sua residência, em Palos Verdes, condado de Los Angeles.

Ele estava sozinho em casa. O corpo foi encontrado na cama por uma governanta que trabalhava com sua família. Ele teria usado o batente da porta como suporte para um cinto. Cornell utilizou uma corda de exercícios.

Mensagem do filho

Com o choque da notícia, fãs de Chester foram atrás de informações da família e encontraram nas redes sociais da mulher do cantor mensagens carinhosas dos filhos e registros de aparente felicidade. Em um dos tuítes havia um recado escrito por um dos filhos do casal, que está emocionando as redes sociais.

A foto postada há um mês mostra uma caneca de café com o bilhete de Taylor, de 11 anos. “Pai, aproveite o seu ensaio ou o que quer que você vá fazer hoje. Ame a vida, porque ela é um 'Castelo de Vidro'", escreveu fazendo referência a uma das músicas do Linkin Park.

Além de Taylor, Chester tinha mais 5 filhos: Jaime, Isaiah, Draven, Lily e Lila.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!