Topo

Música

Fifth Harmony com Anitta? Grupo pop já aprovou a ideia: "Ela é incrível"

Manuela Scarpa/Brazil News
Ally Brooke, Normani Kordei, Dinah Jane e Lauren Jauregui, integrantes do Fifth Harmony, participam de evento em loja de roupas em São Paulo Imagem: Manuela Scarpa/Brazil News

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

03/10/2017 21h42

Anitta está dominando o pop brasileiro e colhendo frutos no mercado internacional. O próximo passo da dona dos hits "Paradinha" e "Sua Cara" poderia ser, quem sabe, uma parceira com o Fifth Harmony. Pelo menos é o que as cantoras Ally, Normani, Lauren e Dinah garantiram em entrevista ao UOL. "Ela é linda, eu a sigo no Instagram. Seria fantástico [gravar um single com a brasileira], a gente adoraria trabalhar com ela", disse Ally. Lauren completou: "Sim, ela é linda! Ela acabou de lançar uma música com Poo Bear ["Will I See You"], é muito boa".

O quarteto esteve em São Paulo nesta terça-feira (3) para uma série de entrevistas com a imprensa antes de começar a turnê brasileira do novo álbum, já na quarta (4) em Belo Horizonte passando pelo Rio de Janeiro na sexta (6) e fechando no Villa Mix Festival, em São Paulo, no sábado (7).

E para os fãs que estavam preocupados com Normani, que chegou a ser internada pouco antes de se apresentar na Argentina, a cantora afirmou que foi apenas um susto. "Eu estou bem, na verdade eu tenho um pequeno cisto no ovário que estava me causando dor e nem conseguia andar ou me mover direito. Tive que ir para o hospital e fiquei com medo de não poder cantar. Mas eu fiz um ultrassom, tomei remédios e fiquei bem", tranquilizou a integrante do grupo.

Éramos 5

O Fifth Hamorny não é mais um quinteto desde o começo deste ano com a saída de Camila Cabello, mas nada que tenha impedido as garotas de continuarem firmes e fortes no pop. O novo álbum, simplesmente chamado de "Fifth Harmony", que tem os hits "Angel" e "He Like That", é uma prova da evolução do grupo "desfalcado".

"Sentimos que essa é a primeira vez que somos quem sempre quisermos ser como músicos. Nossa energia é com o Fifth Harmony, por isso colocamos esse nome no álbum", analisa Dinah. "Tivemos muitas mudanças [desde a saída da Cabello], mas tem sido incrível e crescemos muito, ficamos mais próximas umas da outras. Estamos sempre nos reinventando, temos momentos incríveis juntos e uma ligação muito próxima", acrescentou Ally.

Com o maior show da turnê marcado para São Paulo, onde é esperado quase 40 mil pessoas, o Fifth Harmony quer apresentar as novidades. "Você pode esperar músicas que nunca tocamos, tem sido incrível tocar essas faixas pela primeira vez aqui na América do Sul. A resposta tem sido ótima e eu sei o que esperar dos nossos fãs com a energia 100%", disse Normani.

"E estar em turnê com o novo álbum é uma benção para nós, que as pessoas nos amam e que continuam com a gente. Quando tocamos para um público grande percebemos que esse é o nosso sonho, é especial", concluiu Dinah.