Topo

Música

Show de Naldo Benny já estava fechado há um mês, diz PM do Rio

Reprodução/Instagram/@ricknaveia
Naldo cantou na festa de confraternização de um batalhão da Polícia Militar Imagem: Reprodução/Instagram/@ricknaveia

Ana Cora Lima

Do UOL, no Rio

06/12/2017 19h02

Liberado após pagamento de fiança nesta quarta-feira (06) acusado de agressão domiciliar, Naldo Benny saiu diretamente da delegacia para fazer o show de confraternização de final do ano dos funcionários do 18º Batalhão da Polícia Militar, na Zona Oeste do Rio. De acordo com nota da Polícia Militar, a apresentação já estava acertada há um mês e negou que a liberação tenha sido rápida por conta do compromisso.

"A Assessoria de Imprensa da Polícia Militar esclareceu que, segundo o comando do 18ºBPM (Jacarepaguá), o Naldo e outros artistas realizaram uma apresentação na confraternização de fim de ano da Unidade, na tarde desta quarta-feira (06/12). Cabe ressaltar que Naldo Benny acertou sua participação no evento há cerca de um mês", diz o comunicado.

A apresentação de Naldo aconteceu no Espaço Lonier, em Vargem Pequena, em Jacarepaguá, próximo à Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM), na Taquara - no mesmo bairro - local em que foi autuado após ser preso em flagrante por posse ilegal de arma na manhã desta quarta-feira. O cantor foi preso após uma denúncia de agressão feita pela mulher, Ellen Cardoso, a Mulher Moranguinho.
 
Naldo foi solto por volta das 15h40min. De lá, o cantor seguiu com o filho, Pablo Jorge, o irmão e empresário, Rick e sua equipe para a confraternização entre as famílias e funcionários do Batalhão da Polícia Militar.
 

No último sábado, Naldo foi denunciado por agressão pela mulher. De acordo com o depoimento dela na DEAM, o cantor teria a agredido com socos, tapas e puxões de cabelo após uma discussão por ciúmes. Na ocasião, Ellen também teria avisado à polícia que Naldo tinha uma arma em casa.

Na manhã desta quarta-feira, policiais da DEAM realizaram buscas na casa do cantor na Freguesia, também em Jacarepaguá, e encontraram uma pistola calibre 7,65 sem registro e quatro munições. Naldo foi levado à delegacia e autuado em flagrante.

 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!