Topo

Música

Clube retira Naldo de festa de Réveillon após caso de agressão

Lucas Lima/UOL
Imagem: Lucas Lima/UOL

Do UOL, em São Paulo

08/12/2017 10h09

Depois de a prefeitura do Rio de Janeiro anunciar que Naldo Benny teve sua participação no Reveillón de Copacabana cancelada, mais um evento decidiu romper com o cantor. Naldo participaria do Réveillon Celebrare, no Clube Monte Libano na Lagoa Rodrigo de Freitas.

Em nota, os responsáveis pelo evento explicaram: “Por se tratar de um ambiente voltado para a família em total clima de paz e confraternização, entendemos que devido ao acontecido com o artista não caberia sua participação no momento”.

O comunicado destaca a presença de Netinho como estrela principal: “Vale ressaltar que o cantor Netinho será pelo segundo ano o convidado especial da banda Celebrare e promete agitar a virada do ano com seus grandes sucessos.”

Naldo Benny gravou um vídeo e se disse arrependido pela acusação de agredir a mulher, Ellen Cardoso. Ele chegou a ser detido por conta disso e da apreensão de uma arma ilegal em sua casa, mas foi liberado para responder em liberdade, ainda na quarta-feira.

A prefeitura do Rio divulgou na quinta-feira uma mensagem sobre o cancelamento de seu show em Copacabana, “em virtude dos últimos acontecimentos envolvendo Naldo”.

No vídeo divulgado para a imprensa, Naldo disse estar com saudades de Ellen, conhecida como Mulher Moranguinho, e da filha de três anos. "Estou morrendo de saudade da minha filha, da minha mulher. Estou no quartinho dela olhando todas as nossas fotos. Arrependido, destruído e sem a menor vergonha de falar. Sei que as pessoas vão me bater, me julgar, mas creio que Deus vai fazer um milagre e eu vou agradecer em público pela restituição da minha família", declarou o cantor, que prometeu buscar ajuda.