Topo

Música

Astro da banda de K-pop SHINee morre aos 27 anos; polícia investiga causa

Do UOL, em São Paulo

18/12/2017 10h04

Kim Jong-hyun, cantor da banda de K-pop SHINee, morreu nesta segunda-feira, aos 27 anos. A agência de notícias sul-coreana Yonhap noticiou que a polícia local confirmou a morte, e abriu investigação para apurar a suspeita de que ele cometeu suicídio.

Jonghyun, como era conhecido, foi encontrado inconsciente no apartamento que alugava na região sul de Seoul, às 18h10 do horário local. A irmã dele havia ligado para o serviço de emergência às 16h42 reportando que achava que ele cometeria suicídio.

O cantor foi movido para um hospital, mas não resistiu. Ele chegou ao centro médico com parada cardíaca e a tentativa de reanimá-lo acabou não surtindo efeito.

Os investigadores suspeitam que ele morreu ao inalar gases tóxicos. Eles descobriram pedaços de carvão queimados em uma panela, no apartamento.

Veja também

A irmã relatou que recebeu mensagens de texto em que ele indicava que tiraria a vida: “Por favor, me deixe ir. Me fale que fiz o correto”, dizia uma. “O adeus final”, falava outra.

Kim começou a cantar como principal foz do SHINee em 2008. A banda assinou com a principal gravadora sul-coreana e estourou nas paradas, dando status de estrelas a seus integrantes, tanto no grupo, quanto em carreiras solo. Seu último show foi em 10 de dezembro, em uma apresentação solo.

Fãs da banda usaram as redes sociais para chorar a morte do cantor. A banda tem repercussão marcante, com vídeos como o de "Everybody" (veja abaixo), com 33 milhões de visualizações no Youtube. No Spotify, são mais de 500 mil usuários mensais ouvindo às músicas da banda - sendo que o maior hit é "View", com 13 milhões de audições.

Fãs brasileiros também lamentaram:

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!