Música

Organizadora do show de Pabllo Vittar é multada por não recolher lixo

AgNews
Pabllo Vittar se apresenta no terraço da loja C&A da rua Augusta, em São Paulo Imagem: AgNews

Do UOL, em São Paulo

18/12/2017 16h10

A agência de publicidade Hood, que organizou o show gratuito de Pabllo Vittar neste domingo (17) na rua Augusta, em São Paulo, foi multada pela Prefeitura Regional Sé em R$ 35.400 por não recolher o lixo após o evento, uma espécie de Carnaval antecipado que tomou ruas da capital paulista.

De acordo com a prefeitura, a empresa foi cobrada em dobro por não cumprir determinação contratual de deixar a rua limpa, gerando cerca de 8.630 kg em detritos.

Aberto ao público e com mote de celebrar a diversidade, a apresentação durou cerca de 1 hora e lotou vários quarteirões fechados da Augusta. Houve registro de tumulto, com empura-empurra e princípio de briga. Cercada pelos fãs, Pabllo Vittar teve dificuldade para deixar o local.

O UOL não conseguiu contato com a Hood. A C&A, que contratou a empresa para organizar o evento, afirmou em nota que entrou em contato com agência, "que informou que a limpeza do local foi realizada pela equipe logo após o encerramento do evento. A Hood ainda não recebeu a notificação oficial da Prefeitura e aguarda o comunicado para tomar as medidas cabíveis.”

Já a equipe de Pabllo Vittar informou que não irá se manifestar sobre o episódio.

Thiago Duran/AgNews
Show gratuito de Pabllo Vittar leva clima de bloco de Carnaval para a rua Augusta Imagem: Thiago Duran/AgNews
Leia abaixo o comunicado na íntegra divulgado pela Prefeitura Regional Sé:

"A Prefeitura Regional Sé multou em R$ 18.420,79 a empresa Marco Antonio Satt Arioli Eirelli responsável pelo evento ocorrido na tarde de ontem (17), na rua Augusta 1600, com apresentação da cantora Pabllo Vittar.

Informamos ainda que para evitar transtornos à população e para liberar as vias ao tráfego, a limpeza foi feita por empresa contratada pela Prefeitura, que removeu 8.630 quilos de detritos.

As custas da limpeza, como prevê a legislação, serão cobradas em dobro da empresa organizadora, que deverá desembolsar mais R$ 17 mil, por não cumprir a determinação contratual de deixar a rua limpa. Somadas, as duas multas devem ultrapassar R$ 35.400,00."

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

AFP
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
BBC
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
EFE
Topo