Música

Ed Motta diz que chorou ao ouvir Pabllo Vittar: "Talento verdadeiro"

Marcelo Gandra/Futura Press/Estadão Conteúdo
28.dez.2017 - Pabllo Vittar se apresenta na primeira noite de shows do Festival Virada em Salvador Imagem: Marcelo Gandra/Futura Press/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

04/01/2018 12h24

Conhecido crítico do cenário musical popular no Brasil, o cantor e músico Ed Motta afirmou que se emocionou ao assistir Pabllo Vittar cantar “I  Have  Nothing”, sucesso na voz de Whitney Houston, durante a participação da cantora no “Altas Horas”.

Divulgação
Imagem: Divulgação
“Eu chorei de verdade vendo porque não imaginava essa musicalidade, timbre lindo nas notas graves e quando atingiu as notas altas foi com propriedade”, disse Ed. “Depois conferi pelo YouTube que faz tempo que o talento dela é verdadeiro e genuíno.”

Em texto publicado em seu Facebook, Ed afirma que por “preconceito” sempre duvidou “do que é muito popular”, mas se rendeu ao ver a drag queen soltar a voz. Pabllo Vittar foi a maior revelação do pop brasileiro em 2017 e emplacou a música “K.O.” em todo o Brasil.

“Muita gente denominada/inventada pelo mercado como ‘artista’ com grandes vendagens, premiações simuladas, não tem um terço da capacidade vocal de Pabllo  Vittar”, defendeu o músico. “Faz um sucesso imenso, mas tem um exército de ódio yang que se incomoda profundamente com o que isso representa na sociedade obediente e engessada.”


"Simplória"

Em 2015, Ed protagonizou uma polêmica em seu Facebook ao reclamar da presença da "turma mais simplória" de brasileiros que vão a seus shows no exterior.

“O negócio é que vai uma turma mais simplória que nunca me acompanhou no Brasil. Público de sertanejo, axé, pagode, que vem beber cerveja barata com camiseta apertada tipo jogador de futebol, com aquele relógio branco, e começa a gritar nome de time".

O desabafo deixou muitos fãs revoltados e o cantor chegou a se desculpar nas redes sociais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

do UOL
Adriana de Barros
EFE
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Chico Barney
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
Topo