Topo

Música

Jojo Todynho defende "Que Tiro foi Esse?" após críticas: "Mimimi"

Reprodução
Jojo Todynho no clipe de "Que Tiro Foi Esse" Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL

16/01/2018 10h50

Dona do hit "Que Tiro Foi Esse?", primeiro grande sucesso de 2018, a cantora Jojo Todynho usou sua conta no Instagram nesta terça-feira (16) para se defender de críticas que vem recebendo por conta da letra da música e dos vídeos gravados por anônimos e famosos - entre eles Anitta e Bruno Gagliasso - em que brincam que são baleados.

"Vamos parar de gracinha? Primeiramente, não fale o que você não viveu dentro de uma comunidade. Eu jamais faria uma música incentivando a violência. Aprenda a traduzir as coisas. Todo mundo sabe que a música 'Que Tiro Foi Esse?' é aquela coisa 'Caral..., essa roupa tá linda. Desmaiei. Tá lindo esse cabelo.  Bafo essa maquiagem. São as falas das minhas gays, minhas GLS maravilhosas. Então, não abre a boca, amor, para falar besteira. Não abre a boca para falar o que não sabe. Procure saber. Entendeu, amor?", explicou ela.

Nos últimos dias, a apresentadora Rafa Brittes e a atriz Joana Balaguer criticaram abertamente o funk. "Só eu que tenho agonia da brincadeira do tiro? Me dá um ruim. Frescura minha será?", perguntou Rafa. "Fiquei pensando: 'Aonde vamos chegar? Nos valores, né?'. Ok que é uma música super viral, fica na cabeça, fui dormir com a música na cabeça, acordei com a música na cabeça, toda hora estou cantando, é uma música que entra. Eu amo funk, sempre gostei. Só que a gente está em uma época em que a gente luta para ter segurança, sai do nosso país para ter segurança, queremos paz, não queremos armas, só que a gente faz vídeo como se tivesse levando tiro", disse Joana, que atualmente mora em Portugal com a família.

 

 

Vamos acabar com o mimimi hein #quetirofoiesee #nãoconfundam

Uma publicação compartilhada por JoJo (@jojotodynho)

em

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!