Topo

Música

Metade do Smiths (ou quase) volta aos palcos em junho

Divulgação
Andy Rourke, Morrissey, Mike Joyce e Johnny Marr na época áurea do Smiths; mas apenas dois dos integrantes vão subir juntos no palco novamente Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

22/01/2018 16h26Atualizada em 24/01/2018 18h23

O Smiths está de volta. Ou metade dele. A notícia divulgada nesta segunda-feira (22) animou os antigos fãs: Três integrantes originais da banda que marcou os anos 1980 iriam subir ao palco novamente para uma série de shows, o baterista Mike Joyce, o baixista Andy Rourke e o segundo guitarrista Craig Gannon. Tudo certo, se não tivessem esquecido de avisar Rourke.

Horas depois dos shows serem anunciados, o baixista veio a público negar sua participação. “Estou profundamente triste porque durante a semana da morte da minha querida amiga Dolores O'Riordan essas declarações falsas são feitas em meu nome. Em nenhum momento eu dei o meu consentimento para que alguém em conexão com este projeto do ‘Classically Smiths’ agisse em meu nome ou meu nome. Nada foi confirmado, aprovado ou contratado por mim ou por minha equipe”, afirmou o músico, em nota.

Por enquanto, o show, que tem sido chamado de “Classically  Smiths”, já tem três datas certas no verão europeu: Em Manchester e Londres, em 28 e 29 de junho, respectivamente, e em Edimburgo, no dia 2 de julho. A ideia, no entanto, é investir em uma turnê cheia por todo o Reino Unido. As apresentações acontecem com o acompanhamento da orquestra Manchester Camerata e os ingressos começam a ser vendidos nesta quarta-feira (24).

Divulgação
Morrissey e Johnny Marr, separados desde 1987, não vão participar da reunião Imagem: Divulgação
Ficam de fora do reencontro o icônico guitarrista Johnny Marr e, obviamente, o vocalista Morrissey, que sempre disse preferir a morte do que ressuscitar a antiga banda. 

“Nenhuma parte da minha vida depende de uma reunião do Smiths. A questão já não precisa de uma resposta”, disse o cantor em entrevista ao UOL em 2015.

Depois da gafe da produtora Bad Production, é provável que Rourke também vire as costas para o projeto.

Ao falar do show ao jornal “Manchester Evening”, Mike Joyce afirmou estar feliz em subir ao palco com os antigos companheiros de banda e que ter uma orquestra no palco levará o reencontro a “outro nível”.

"Haverá clássicos de Smiths no set, mas mal posso esperar para tocar as músicas que nunca foram ouvidas ao vivo antes. Com a adição de uma orquestra, isso vai soar totalmente original, pois será imenso. Estou realmente ansioso para que os fãs sejam capazes de ouvir as músicas de uma maneira como nunca houve, gravadas ou ao vivo”, comemorou. “Será uma experiência e tanto para todos nós."

Em todo momento, Joyce deixou claro que Andy estava no projeto. No fim de semana, o baterista havia dado um sinal ao postar uma imagem com os sobrenomes dos três músicos. 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!